Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 13 de novembro de 2018

reajuste

Preço do botijão de gás sobe 7%
a partir de hoje no Estado

Aumento médio nas refinarias será de 6,7%

8 JUN 2017Por DA REDAÇÃO07h:00

Gás de cozinha fica, em média, 7% mais caro em Mato Grosso do Sul a partir de hoje, em função de nova política de preços para o produto, comercializado em botijões de até 13 quilos e de uso residencial, anunciada ontem pela Petrobras.

De acordo com a estatal, a aplicação de nova fórmula de preços para o Gás Liquefeito de Petróleo (GLP-P13) implicará um aumento médio nas refinarias de 6,7% neste mês.

Já de acordo com informações do Sindicato do Gás de Mato Grosso do Sul, a composição final do índice de reajuste para o gás de cozinha no Estado agora em junho deve-se ainda à incorporação da pauta fiscal do combustível, que entrou em vigor no dia 1º com reajuste, além do aumento de tributos.

Ainda conforme a nova política de preços da Petrobras, o gás de cozinha terá alta de preços todos os meses.

Com o aumento, o preço médio do botijão em Campo Grande deve passar de R$ 65,00 para R$ 70,00 (valores defasados em cerca de menos 13%, segundo o sindicato, em decorrência de forte concorrência no mercado local). Já no Estado, o valor passará de R$ 70,00 para R$ 75,00.

*Leia reportagem, de Daniella Arruda, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também