Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

SEMANA SANTA

Preço de pescado tem variação de 181,7% no comércio da Capital

Mesmo produto custa entre R$ 7,80 e R$ 21,98

16 ABR 19 - 15h:44ALINE OLIVEIRA

Entre os dias 1º e 10 de abril, equipes da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor – Procon/MS, realizaram pesquisa em estabelecimentos que comercializam peixes de água doce e salgada, além de bacalhau (produto tradicional na Semana Santa). 

A variação nos preços chegou até 181,70%, no produto mais popular que é sardinha espalmada (embalagem 800 g). O maior preço registrado foi de R$ 21,98 e o menor R$ 7,80.

Vale destacar que a pesquisa aconteceu em 15 estabelecimentos, localizados tanto na área central de Campo Grande, quanto nos bairros mais distantes e levou em considerações 59 produtos mais utilizados no período. 

Já o produto mais caro foi o lombo de bacalhau, encontrado em apenas dois dos estabelecimentos pesquisados.  No entanto, a variação foi menos de 1%, visto que em um local, o quilo custa R$ 94,99 enquanto no outro, R$ 94,90.

Ao comparar as listas deste ano e do ano passado, em 27 itens, 59,25% tiveram aumento nos valores, enquanto 40,75% tiveram decréscimo. Considerando o preço médio dos peixes comuns, o aumento registrado em dois anos foi de 2,98%. 

Confira a pesquisa completa:

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Para ministro, não pode haver 'precipitação' nas privatizações

ECONOMIA

Plano de privatizações de Guedes esbarra em resistência nos ministérios

Frota de veículos no País está mais velha, diz pesquisa
CORREIO VEÍCULOS

Frota de veículos do País é a mais velha em 18 anos

Capital terá 50 voos cancelados da Avianca até dia 28
CRISE NA AVIAÇÃO

Campo Grande terá total de 50 voos cancelados pela Avianca até dia 28

Mais Lidas