Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ECONOMIA

Preço de cesta de compras de famílias com renda mais baixa cai 0,09%

7 OUT 19 - 13h:01AGÊNCIA BRASIL

O Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1), que calcula a variação de preços da cesta de compras de famílias com renda até 2,5 salário mínimos, registrou deflação (queda de preços) de 0,09%. Em agosto, havia sido registrada uma inflação de 0,11%, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV).

O IPC-C1 acumula taxas de inflação de 3,19% no ano e de 3,81% em 12 meses, acima dos 3,51% registrados pelo Índice de Preços ao Consumidor – Brasil (IPC-BR).

A queda da taxa do IPC-C1 de agosto para setembro foi puxada pelos grupos de despesas habitação (cuja taxa caiu de 0,95% para 0,26%), alimentação (de -0,46% para -0,72%), transportes (de 0,05% para 0,03%) e comunicação (de 0,68% para 0,54%).

Por outro lado, quatro grupos tiveram alta na taxa: saúde e cuidados pessoais (de 0,01% para 0,22%), vestuário (de -0,44% para 0,03%), educação, leitura e recreação (de 0,04% para 0,37%) e despesas diversas (de -0,07% para 0,13%).  

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ECONOMIA

Bancos privados fazem ofensiva e, com cooperativas, já têm 30% do crédito rural

Tributação sobre renda das empresas é uma das mais altas do mundo
CNI

Tributação sobre renda das empresas é uma das mais altas do mundo

Receita pode compartilhar dados fiscais com órgãos de controle
PARECER

Receita pode compartilhar dados fiscais com órgãos de controle

Setor turístico comemora fim da bitributação
IMPOSTO

Setor turístico comemora
fim da bitributação

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião