Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

impostos

Preço da gasolina tem alta
de 24,2% na Capital

Horas após elevação do tributo, postos reajustaram preços

22 JUL 2017Por DA REDAÇÃO05h:00

Menos de 24 horas após o governo federal elevar a carga tributária sobre os combustíveis no País, postos de Campo Grande já repassaram o reajuste para o consumidor, e o litro da gasolina ficou até  R$ 0,90 mais caro na Capital.

Para o diesel, o impacto chega a R$ 0,40, enquanto o litro do etanol teve alta de pelo menos R$ 0,63, conforme consulta realizada pelo Correio do Estado.

Em porcentuais, a majoração varia de 10,5% a 24,2%, considerando somente a gasolina, o que supera de longe o aumento de preços, na bomba, de cerca de 8%, conforme previsão oficial.  

O repasse de preços é resultado do aumento do PIS-Cofins sobre a gasolina, o etanol e o diesel, anunciado na quarta-feira e publicado na sexta-feira no Diário Oficial da União (DOU).

De acordo com o decreto do Executivo, o tributo incidente sobre a gasolina mais do que dobrou, de R$ 0,3816 por litro para R$ 0,7925 por litro. Sobre o diesel, o aumento foi de R$ 0,2480 para R$ 0,4615.

No caso do etanol, a alta foi mais suave, passando de R$ 0,12 para R$ 0,1309; mas, para o distribuidor, saiu de zero para R$ 0,1964. A medida deve gerar R$ 10,42 bilhões em arrecadação para o Tesouro Nacional neste ano.

*Leia reportagem, de Daniella Arruda, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também