PESQUISA

Preço da gasolina sobe e pode <br> ser encontrada a R$ 4,84 no Estado

Agência Nacional do Petróleo fez pesquisas em 85 postos do MS
11/01/2020 11:51 - IZABELA JORNADA


 

Pesquisa realizada entre os dias 5 a 11 de janeiro de 2020, pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), apontou aumento no preço médio da gasolina em Mato Grosso do Sul. O valor máximo pode ser encontrado a R$ 4,84 e o mínimo é de R$ 4,18. A agência fez a pesquisa em 85 postos do Estado.

Em Campo Grande, a pesquisa foi feita em 42 postos. É possível encontrar o valor mínimo de R$ 4,18 e o máximo de R$ 4,49 em estabelecimentos da Capital.

O maior valor do combustível foi encontrado em Nova Andradina, que chegou a custar o preço máximo de R$ 4,84.

Em Três Lagoas, o valor mínimo é de R$ 4,31 e o máximo R$ 4,69.

O etanol pode ser encontrado na Capital no valor mínimo de R$ 3,39 e o máximo de R$ 3,69.

Em Três Lagoas e Nova Andradina, o preço do etanol atinge o valor máximo de R$ 3,99.

OUTROS ESTADOS

Em São Paulo, o valor máximo é o maior de todos os demais, chegando a custar R$ 5,89 o litro da gasolina, porém, pode ser encontrado o menor preço também do combustível de R$ 3,79.

No Paraná, o preço máximo é de R$ 4,78 e o mínimo de R$ 4,33.

Mato Grosso do Sul está entre os cinco com menores preços da gasolina.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".