Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CORREIO RURAL

Plano para Difusão do Manejo Integrado de Pragas de MS será lançado nesta quarta

Objetivoé racionalizar uso de agrotóxico

10 SET 19 - 11h:58RAFAEL RIBEIRO

Na próxima quarta-feira (11.09), acontece na Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), o lançamento e assinatura do termo de cooperação técnica do Plano Estadual para Difusão do Manejo Integrado de Pragas. 

Aprovado pelo Conselho Estadual de Agrotóxicos (CEA), no dia 26 de abril, o Plano tem como objetivo incentivar a adoção do Manejo Integrado de Pragas (MIP), através da ampla divulgação do tema no meio rural.

Elaborado por um Grupo de Trabalho (GT), composto por membros do Conselho e representantes de Entidades Públicas e Privadas, e coordenado pela Semagro, o Plano propõe ações no Estado de Mato Grosso do Sul para promoção e difusão dos princípios e práticas que compõem o MIP, gerando atitudes que racionalizem o uso de produtos fitossanitários no controle de pragas nos sistemas de produção, e que contribuam com a redução dos custos de produção e eventuais riscos de impactos ambientais e sociais relacionados ao uso desses insumos essenciais para o processo produtivo.

Segundo o coordenador de Agricultura, Fernando Nascimento, inicialmente, foram selecionadas as culturas da soja, milho, feijão, algodão e cana-de-açúcar, e florestas plantadas, em função da importância no agronegócio estadual, do valor econômico, e da gama de estudos e pesquisas já disponíveis sobre o assunto. “Também, foi priorizado o incentivo à adoção dos princípios e práticas do MIP na produção de hortícolas pelo importante papel que estas desempenham na Agricultura Familiar, considerando, principalmente, a crescente demanda do mercado por alimentos certificados e/ou isentos de resíduos, o que corrobora para a utilização dos princípios e práticas agrícolas preconizados por esta tecnologia”. Completou o Coordenador.

“Pautado na necessidade da construção de uma base sólida de ações, que estimulem a adoção de medidas tecnológicas e, consequentemente, a redução dos custos de produção e a mitigação dos impactos ao ambiente e a saúde humana e animal, nesta primeira etapa de execução do Plano, será celebrado Termo de Cooperação Técnica entre a Secretaria, Instituições Públicas Vinculadas à Semagro (Fundect, Iagro e Agraer) e Entidades que representam as principais Cadeias Produtivas do Estado, em ato que acontece na próxima quarta, na Secretaria” reforçou Fernando.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ECONOMIA

Tereza Cristina apresenta oportunidades de investimento aos árabes

TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO

Governo quer poupar 30% com revisão de contratos de empresas de TI

Foram esquadrinhados contratos assinados entre 2017 e 2019
Próxima remessa do FGTS começa <br>a ser pago na semana que vem
OPORTUNIDADE

Próxima remessa do FGTS começa a ser pago na sexta

Investimentos em saneamento básico chegarão a R$400 milhões no Estado
CONTRATO MILIONÁRIO

Investimentos em saneamento básico chegarão a R$400 milhões no Estado

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião