TENTATIVA

PT recorre ao STF para suspender decreto<br> sobre aumento de impostos

Ministra Rosa Weber foi sorteada para a relatoria da ação
27/07/2017 20:00 - Poder 360


O PT foi ao STF (Supremo Tribunal Federal) tentar derrubar a decisão de 2ª instância que liberou o governo federal para aumentar os impostos PIS/Cofins sobre os combustíveis.

O aumento foi na última 5ª feira (20.jul.2017). Na 3ª feira (25.jul), o juiz substituto da 20ª Vara Federal em Brasília Renato C. Borelli mandou suspender o aumento. Nesta 4ª (26.jul), o TRF-1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região) invalidou a suspensão.

A ministra Rosa Weber foi sorteada para a relatoria da ação. Porém, devido ao recesso do Judiciário, o pedido foi encaminhado à presidente do Supremo, Cármen Lúcia. Ela deverá tomar alguma decisão sobre o pedido ou esperar a volta da relatora.

O governo federal tenta driblar a queda na arrecadação. Com o aumento do PIS/Cofins, a equipe econômica de Michel Temer espera arrecadar R$ 10,4 bilhões.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".