Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

EM AGOSTO

No Estado, exportações tem crescimento de US$ 283 milhões

O crescimento é nas exportações de açúcar, soja, carnes, minério de ferro e manganês

8 SET 17 - 17h:22IZABELA JORNADA, COM ASSESSORIA

Com superávit de US$ 283 milhões no mês de agosto de 2017, bem superior aos US$ 88 milhões verificados em agosto de 2016, o crescimento nas exportações de açúcar, soja, carnes, minério de ferro e manganês fez com que o desempenho da balança comercial de Mato Grosso do Sul, com o setor externo, fosse três vezes maior em comparação ao mesmo período do ano passado.

É o que revelam os dados da Carta de Conjuntura do Setor Externo divulgada no último dia 5 pela Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

De acordo com o documento, Mato Grosso do Sul acumula de janeiro a agosto de 2017 um superávit de US$ 1,7 bilhão. Entre os principais responsáveis por esse resultado está o crescimento das exportações dos principais produtos em relação a janeiro a agosto de 2016, como: Soja (alta de 21%), açúcar (alta de 70,75%) e abate bovino e preparação de carnes (alta de 13%).

Na avaliação do secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, um dos desempenhos de destaque foi o do setor da mineração, com o minério de ferro registrando alta de 18% e o manganês uma elevação de 101% nas vendas externas. “Embora representem pouco na pauta do comércio exterior, houve uma melhora significativa nas exportações dos produtos de extrativismo mineral. É um movimento importante do mercado que ocorre num momento em que o Governo do Estado implantou a Câmara Setorial da Mineração e discute políticas para o setor”, comenta Jaime Verruck.

Em termos de destino, a China ainda mostra-se como o principal parceiro comercial de Mato Grosso do Sul, com praticamente 40% dos valores exportados. Seguindo a tendência dos últimos meses, registra-se o crescimento da participação da Argentina nas vendas externas do Estado, com 6% do total, mantendo o país sul-americano como o segundo destino das exportações do Estado, tendo a soja e o minério de ferro e manganês como principais produtos.

Entre os municípios exportadores o destaque vai para Três Lagoas – embora a celulose acumule uma queda de 6% em relação a janeiro a agosto de 2016, seguida por Campo Grande, com o abate e preparação de carnes.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

FUNCIONAMENTO SEXTA

Febrabam informa que agências bancárias funcionarão na sexta (21)

Contas com vencimento no dia 20 de junho serão pagas sem juros
Estado pretende solicitar  R$ 1,2 bilhão em crédito
PLANO MANSUETO

Estado pretende solicitar R$ 1,2 bilhão em crédito

Banco Central mantém juros básicos no menor nível da história
ECONOMIA BRASILEIRA

Banco Central mantém juros básicos no menor nível da história

COMPANHIA AÉREA

Procon notifica Gol sobre promoção de passagem a R$ 3,90

Companhia tem 24 horas para responder ao Procon

Mais Lidas