Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

GUIA

Não conseguiu sacar os R$ 500 do FGTS? Veja como proceder

Cadastros desatualizados ou contas conjuntas, não recebem os valores em conta; confira as dicas

19 OUT 19 - 10h:00SÚZAN BENITES

O que fazer quando o dinheiro do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) não caiu na conta? A Caixa Econômica Federal informa que será preciso comparecer a uma de suas agências, ou procurar os canais específicos, porque provavelmente há algum problema com seu cadastro.

Um leitor do Correio do Estado, afirmou que procurou a agência na manhã de sexta-feira (18) e não conseguiu sacar o valor. De acordo com o superintendente da Caixa em Mato Grosso do Sul, Evandro Narciso de Lima, a princípio todos os valores foram disponibilizados para os nascidos em janeiro. “Caso o trabalhador não consiga sacar o dinheiro ele precisa comparecer à uma agência ou ligar para o telefone 0800 724 2019, porque pode ter havido algum problema no cadastro”.

A assistente financeira Renata Carolina do Nascimento, de 37 anos, disse que faz parte do grupo que deveria receber o valor na primeira remessa dos pagamentos, mas ainda não recebeu. “Tenho conta poupança na Caixa, nasci em janeiro e tenho uma conta ativa, mas até agora o dinheiro não caiu na minha conta e eu não sei o porquê”, explica.

Conforme a Caixa se o dinheiro não caiu,  “pode ser que haja algum dado desatualizado, por exemplo. Se for uma conta poupança conjunta, o dinheiro também não cai automaticamente”, explica a assessoria.

A Caixa ainda informa que existem canais de atendimento específicos para esses casos. “Caso o trabalhador tiver conta poupança individual, deveria estar creditado na conta. Como cada caso tem sua situação específica, o trabalhador deve ligar no 0800 724 2019 ou se preferir pode buscar informações sobre sua conta e valores disponíveis no APP FGTS. Além desses, a Caixa criou um serviço exclusivo no site fgts.caixa.gov.br para facilitar o atendimento ao trabalhador que deseja sacar o valor. Na página, o trabalhador pode visualizar o quanto deve receber, a data do saque e os canais disponíveis”, explica a assessoria regional, que ainda reforça que caso o trabalhador prefirir, ele pode ir em qualquer agência.

RECURSOS

Somando as etapas já liberadas pela Caixa, os 548.185 trabalhadores de Mato Grosso Sul receberam R$ 233.615.269,53. Nesta sexta-feira (18) foram disponibilizados R$ R$ 35.786.705,75 para 87.523 trabalhadores do Estado nascidos em janeiro. Esta é a primeira etapa para todos os trabalhadores-que não possuem conta na Caixa.

Segundo o superintendente apesar da quantidade de pessoas ser menor, o movimento deve ser maior nas agências. “Por isso vamos estender o horário de atendimento em várias agências do Estado. A quantidade de pessoas será menor, mas estes não são clientes da Caixa, então provavelmente o volume de pessoas  será maior”, diz Lima.

O superintendente explica ainda que o número de funcionários destinados ao atendimento terão um reforço. “As equipes estão preparadas para atender.  Cada unidade vai destacar colaboradores de outros setores para reforçarem o atendimento nesses dias. Para atender a demanda as agências estarão abertas neste sábado (19) também”, complementou.

A primeira etapa dos saques foi realizada à partir do dia 13 de setembro, no período, 153.615 pessoas receberam R$ 67.570.376,78 .  A Caixa Econômica Federal  iniciou o depósito automático para aqueles que possuem conta poupança no banco, seguindo calendário de mês de nascimento (dos que nasceram entre janeiro e abril).  Já na segunda oportunidade-para os nascidos entre maio e agosto,  disponibilizada no dia 27 de setembro, 164.487 trabalhadores receberam o crédito, totalizando R$ 72.683.765,00.  A terceira etapa, creditada no dia 9 de outubro representa um montante de  R$ 57.574.422,00, para 142.560 trabalhadores. 

Conforme o Ministério da Economia, o limite de R$ 500 valerá para cada conta do fundo. Ou seja, os trabalhadores que possuírem mais de uma conta poderão sacar valores maiores que R$ 500. Somando os valores já pagos e os que ainda serão liberados, os saques vão injetar R$ 537,2 milhões na economia de Mato Grosso do Sul, entre o dia 13 de setembro e o dia 30 de março de 2020, período em que os trabalhadores poderão retirar os valores a que têm direito. Serão 1.409.860 trabalhadores beneficiados em Mato Grosso do Sul.

Segundo levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Fecomércio (IPF/MS), o sul-mato-grossense já tinha destino certo para o dinheiro proveniente do FGTS. A sondagem feita pelo órgão de pesquisa aponta que 52% da população do Estado realizou o saque, o que representa aporte de mais de R$300 milhões para a economia do Estado.

SAQUES

A próxima etapa de liberação do FGTS será no dia 25 de outubro, para os nascidos em fevereiro. Os nascidos em março recebem no dia 8 de novembro. Para  aqueles que nasceram em abril os valores estarão disponíveis dia 22 de novembro e os naturais de maio recebem dia 6 de dezembro.

Para saber os valores disponíveis para saque, os canais de recebimento e as opções de crédito em conta, é só acessar o site da Caixa e informar o número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), o Número de Identificação Social (NIS), do Programa de Integração Social (PIS) ou do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) e a data de aniversário.

Os saques de até R$ 100 poderão ser realizados em casas lotéricas, com apresentação de documento de identidade original com foto e número do CPF. Será feita a leitura da digital no momento do saque. Para quem possui Cartão Cidadão e senha, o saque poderá ser feito nos terminais de autoatendimento, em unidades lotéricas ou correspondentes Caixa Aqui. Quem não tem o Cartão Cidadão, deve procurar uma agência da Caixa.

Neste sábado as agências ficarão abertas das 9h às 15h. Em Campo Grande 11 agências funcionarão, sendo elas a unidade Centro, Avenida Bandeirantes, Barão do Rio Branco, Afonso Pena, Ypê Center, Mato Grosso, Aero Rancho, Rodoviária, Julio de Castilho, Zahran e Pantanal.

No interior do Estado, as cidades de Amambai, Aquidauana, Chapadão do Sul, Corumbá, Coxim, Dourados, Fátima do Sul, Ivinhema, Jardim, Maracaju, Miranda, Mundo Novo, Naviraí, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã, Porto Murtinho, Rio Brilhante, Sidrolândia, Sonora e Três Lagoas estarão abertas também.

DICAS

Não recebi os R$ 500 do FGTS, e agora?

 

- Tentar consultar o valor em sua conta, por meio de aplicativo do FGTS, ou do site da Caixa. 
- Checar se seus dados cadastrais (PIS e NIS) estão integrados com o cadastro de Pessoas Físicas (CPF).
- Se ainda assim o saque de R$ 500 não foi disponibilizado ou creditado em conta, o trabalhador deve procurar atendimento em uma agência da Caixa, ou telefonar para 0800 724 2019.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

DESCONTOS

Bancos divulgam condições de mutirão de renegociação de dívidas

MERCADO FINANCEIRO

Dólar chega a cair, mas zera queda e fecha estável, a R$ 4,19

CONTAS PÚBLICAS

Para ajustar finanças, governo quer reduzir contribuição estadual para Cassems

Azambuja alegou necessidade de se adaptar a medidas do ajuste fiscal estadual e federal
Comércio ficará aberto até mais tarde durante o fim de ano
HORÁRIO ESPECIAL

Comércio ficará aberto até mais tarde no fim de ano

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião