Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CONTAS PÚBLICAS

Mercado reduz para R$ 142,051 bi projeção para o deficit primário

13 JUN 17 - 12h:46FOLHAPRESS

Instituições financeiras consultadas pelo Ministério da Fazenda projetam que o deficit primário do Governo Central, formado por Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central, deve chegar a R$ 142,051 bilhões neste ano. A estimativa é melhor do que a divulgada em maio (R$ 148,036 bilhões), mas supera a meta de deficit perseguida pelo governo (R$ 139 bilhões). As informações são da Agência Brasil.

A estimativa consta da pesquisa Prisma Fiscal, elaborada pela Secretaria de Política Econômica do Ministério da Fazenda, com base em projeções do mercado financeiro.

Para 2018, a estimativa do mercado financeiro é de deficit de R$ 127,446 bilhões contra R$ 125,124 bilhões previstos em maio.

A projeção da arrecadação das receitas federais este ano subiu de R$ 1,341 trilhão para R$ 1,345 trilhão. Para 2018, a estimativa é de R$ 1,451 trilhão, ante R$ 1,442 trilhão previsto anteriormente.

Para a receita líquida do Governo Central a estimativa para este ano é R$ 1,144 trilhão, mesma projeção do mês passado. No caso da despesa total do Governo Central, a projeção passou de R$ 1,294 trilhão para R$ 1,290 trilhão.

A pesquisa apresenta também a projeção para a dívida bruta do Governo Central, que, na avaliação das instituições financeiras, deve ficar em 75,47% do PIB (Produto Interno Bruto).

A previsão anterior era 75,44% do PIB. Para 2018, a estimativa ficou em 78,60% do PIB, ante 78,50% previstos no mês passado.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ECONOMIA

Ministério da Agricultura diz que preço da carne caiu 9% desde início do mês

Dólar cai para R$ 4,146 e fecha no menor nível em quase um mês
ECONOMIA

Dólar cai para R$ 4,146 e fecha no menor nível em quase um mês

Carnês do IPVA começam a ser enviados aos contribuintes em MS
IMPOSTO VEICULAR

Carnês do IPVA começam
a ser enviados em MS

No Rio, Guedes diz que não há razão para pessimismo no país
BRASIL

No Rio, Guedes diz que não há razão para pessimismo no país

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião