Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

senado aprovou

Mato Grosso do Sul terá atrativo dos incentivos por mais 15 anos

Projeto foi aprovado por senadores e vai para sanção presidencial

14 JUL 2017Por DA REDAÇÃO06h:00

Mato Grosso do Sul poderá manter a política de lançar mão da arrecadação de tributos para atrair empresas por mais 15 anos.

Foi aprovado pelo Senado Federal na quarta-feira projeto que estende a maior parte dos incentivos fiscais concedidos pelos estados para atrair empresas. O texto, que já havia sido votado na Câmara e agora segue para a sanção presidencial, gera discussão.

Para estados industrializados, como nas regiões Sul e Sudeste, o projeto na verdade prolonga o que deveria acabar, a “guerra fiscal” (concessão de incentivos fiscais e tributários para estimular que empresas de outros estados se instalem no território que concede o benefício). Eles pediam a suspensão imediata da concessão dos incentivos.

Na outra ponta, estados da região Centro-Oeste, incluindo Mato Grosso do Sul, Norte e Nordeste, defendiam que tudo permanecesse como está por até 15 anos, o que foi mantido.

O projeto permite aos Estados manter intactos por até 15 anos a redução de impostos concedida para atrair indústrias e empresas de agropecuária e infraestrutura rodoviária, aquaviária, ferroviária, portuária, aeroportuária e de transporte urbano.

*Leia reportagem, de Renata Prandini, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Leia Também