Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 20 de novembro de 2018

CAMPO GRANDE

Maio teve o menor índice de famílias endividadas e inadimplentes no ano

Reduções são reflexo de controle financeiro e entrada de FGTS inativo, diz pesquisa

5 JUN 2017Por GLAUCEA VACCARI15h:31

Número de famílias endividadas caiu em maio e atingiu o menor índice neste ano em Campo Grande, com 54,5%. Dados são da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), divulgados hoje pela Fecomércio.

Segundo o presidente do Instituto de Pesquisa da Fecomércio, Edison Araújo, além de ser o menor índice no ano, indicador também é o mais baixo dos últimos 16 meses.

“Desde janeiro de 2016, o índice não era tão baixo, mas o que mais anima é a redução dos indicadores de inadimplência”, disse.

Com relação a inadimplência, 29,9% dos campo-grandenses disseram ter contas em atraso, contra 34,2% em abril.

Desse total, 14,2% disseram que não terão condições de pagar as dívidas que já estão atrasadas, índice que também é menor em comparação com o mês anterior, que era de 14,2%.

“Acreditamos que estas reduções possam refletir o maior controle financeiro das famílias e especialmente a entrada do FGTS de contas inativas”, disse Edison.

Cartão de crédito continua sendo o principal meio de endividamento, somando 59,6% das dívidas. Outros tipos de dívida são com carnês (25%), financiamento de carro (15,5%), crédito pessoal (14,2%) e financiamento de casa (9,5%),

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também