Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Operação Greenfield

Justiça aceita denúncia contra
ex-tesoureiro do PT e lobista

Operação apura crimes envolvendo fundos de pensão de empresas estatais

29 MAI 17 - 17h:05Último Segundo

A Justiça Federal no Distrito Federal aceitou denúncia contra o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, o lobista Milton Pascowitch e mais 12 pessoas investigadas na Operação Greenfield . A operação apura crimes envolvendo fundos de pensão de empresas estatais que resultaram no desvio de mais de R$ 400 milhões. 

Conforme decisão do juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal do DF, além de Vaccari e Pascowitch, também se tornam réus na Operação Greenfield oito pessoas ligadas à Funcef (Fundação dos Economiários Federais): Demósthenes Marques, Carlos Alberto Caser, José Carlos Alonso Gonçalves, Guilherme Narciso de Lacerda, Luiz Philippe Peres Torelly, Antônio Bráulio de Carvalho, Geraldo Aparecido da Silva e Sérgio Francisco da Silva.

A lista de réus também inclui Gerson de Mello Almada, ex-vice-presidente da construtora Engevix , e os sócios da empreiteira Cristiano Kok e José Antunes Sobrinho. Roberto Carlos Madoglio, ex-superintendente nacional dos Fundos de Investimentos Especiais da Caixa, completa a lista de denunciados.

De acordo com a denúncia apresentada pela força-tarefa da Greenfield, entre setembro de 2009 e agosto de 2010, parte dos investigados agiu de forma fraudulenta junto ao Funcef para permiritr o aporte de R$ 260,6 milhões do Fundo de Pensão dos funcionários da Caixa Econômica Federal em favor da Cevix Energias Renováveis S/A, empresa controlada pela Engevix.

Ainde de acordo com as investigações, Milton Pascowitch e João Vaccari Neto teriam procurado executivos da Engevix no período em que ocorreram os aportes do fundo de pensão para a construtora para solicitar R$ 5,9 milhões para o Partido dos Trabalhadores (PT).

"Tais pagamentos foram realizados de forma dissimulada, a fim de ocultar a natureza ilícita dos recursos pagos", descreve a denúncia, conforme relato do juiz Vallisney.

Os réus terão prazo de dez dias para apresentar respostas às acusações e indicar testemunhas de defesa para serem ouvidas no processo.

Além do fundo de pensão de funcionários da Caixa, a Operação Greenfield também apura irregularidades envolvendo os fundos Petro (Petrobras), Previ (Banco do Brasil) e Postalis (Correios).

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Brasil tem 4,5 milhões de empresas, número em queda desde 2014
ECONOMIA

Brasil tem 4,5 milhões de empresas, número em queda desde 2014

Comércio deve contratar 5 mil temporários neste fim de ano
NO ESTADO

Comércio deve contratar 5 mil temporários neste fim de ano

ILEGAL

Ministério da Justiça recomenda denunciar vendas casadas em bancos

Secretário diz que atrelar juros a outros serviços pode ser irregular
AGRICULTURA E JUSTIÇA

Ministérios assinam acordo para combater abusos no crédito agrícola

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião