Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Agricultura

Jovem agricultor assume a presidência da Aprosoja no Estado

11 AGO 15 - 13h:17Da redação

Aos 35 anos, o agricultor e líderança rural, Christiano da Silva Bortolotto, assume a presidência da Associação dos Produtores de Soja e Milho de MS (Aprosoja). Há 8 anos, a Aprosoja/MS defende os interesses e deveres dos produtores de grãos de Mato Grosso do Sul.

Bortolotto é natural de Amambai, cidade onde mora e desenvolve atividade agrícola há 11 anos. Ele é um dos fundadores da associação e há 8 anos é vice-presidente, fica no lugar de Mauricio Saito, que deixa a associação para exercer o cargo de presidente agora da Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS.

Christiano é formado em administração de empresas com habilitação em finanças e tem especialização em economia empresarial pela Fae Business School.  Foi um dos fundadores da Aprosoja/MS, em 2007, e desde então vice-presidente da entidade. “Quando fui convidado pelo Almir Dalpasquale, que hoje preside a Aprosoja Brasil, para fundar a associação juntamente com ele e outros produtores do estado, sabia o tamanho do desafio. Buscamos atender todos os setores nas mais diversas demandas que surgiram na trajetória”, ressalta Bortolotto.

Por dois mandatos consecutivos, de 2006 a 2012, presidiu o Sindicato Rural de Amambai, e de 2009 a 2012, foi vice-presidente do Conselho de sindicatos da Região Sul Fronteira da Famasul. Em 2008 coordenou a Comissão de Assuntos Fundiários da Famasul e no ano de 2010, passou a comandar a Coopersa – Cooperativa Agroindustrial Amambai, do ramo pecuário e agrícola, cargo que exerce até o momento.  Foi conselheiro administrativo da Fundação MS, instituição responsável por pesquisas agrícolas no Estado e é diretor financeiro da Aprosoja Brasil, associação que representa os agricultores no âmbito nacional.

Quando questionado sobre a sua atuação, o presidente é direto. “A Aprosoja/MS será pautada pelas necessidades do homem do campo. Isso pede uma gestão de resultados, com dinamismo, presente em projetos inovadores que priorizam o aumento de produção e rentabilidade e com diálogo aberto aos produtores rurais de soja e milho do Estado”, explica.

Há 8 anos, a Aprosoja/MS defende os interesses e deveres dos produtores de grãos de Mato Grosso do Sul, desenvolvendo ações e projetos que visam o crescimento sustentável das cadeias produtivas do setor no Estado, além de orientar e apoiar os agricultores nos diferentes momentos da atividade, incentivar a produção e o consumo de soja e derivados, estimular a criação de mecanismos para aquisição de insumos, comercialização, importação e exportação entre outras ações.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Autorizada licitação de obra da ponte sobre rio Paraguai, com início em 2020
PORTO MURTINHO

Autorizada licitação de obra da ponte sobre rio Paraguai

TRANSPORTE CARGAS

Já estão em vigor novas regras do frete mínimo para caminhoneiros

O cálculo do frete mínimo agora abrange 11 categorias
Dívidas de IPVA alcançam R$ 47,1 milhões no Estado
TRÂNSITO MS

Dívidas de IPVA alcançam R$ 47,1 milhões no Estado

Banana, laranja e maçã tiveram<br> menor preço em junho
COMÉRCIO HORTIFRUTI

Laranja e maçã registraram menores preços em junho

Mais Lidas