Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

VENDA DE ATIVOS

JBS dá sinais de fraqueza e anuncia
venda de ativos de até R$ 6 bi

Líder mundial do segmento, marca viu valor cair mais de 30% no mercado

21 JUN 2017Por DA REDAÇÃO07h:00

Gigante mundial no ramo alimentício, a JBS começa a dar sinais de enfraquecimento e anuncia pacote de desinvestimentos.

Desde que vieram à tona as delações dos irmãos Joesley e Wesley Batista, há um mês, o valor de mercado do grupo teria recuado em torno de 32%, para R$ 17 bilhões – em 2014, o valor chegou a R$ 34,5 bilhões –, de acordo com levantamento da Economática. Paralelamente, aumentou a resistência contra o grupo, seja de bancos, empresas, pecuaristas e até consumidores. 

No mês passado, por exemplo, a empresa anunciou pagamento do gado somente a prazo. Em resposta, pecuaristas lançaram campanha para venda do gado à vista, uma vez que estariam com dificuldade de recebimento da Nota Promissória Rural (NPR) pelos bancos.

Além disso, segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, o Itaú Unibanco ameaça deixar as negociações com a JBS e comprar antecipadamente cerca de R$ 1 bilhão que tem a receber. Outros grandes credores, como Banco do Brasil e Caixa Econômica, podem seguir os passos do maior banco privado do País. O banco nega este endurecimento das negociações com a companhia.

Ontem, a JBS anunciou venda de parte dos ativos, ação que pode chegar a R$ 6 bilhões.

*Leia reportagem, de Renata Prandini, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Leia Também