Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ADIADO

JBS celebra acordos com bancos para<br> pagar R$ 21 bilhões em dividas

JBS celebra acordos com bancos para<br> pagar R$ 21 bilhões em dividas
25/07/2017 23:00 - FOLHAPRESS


A JBS anunciou, nesta terça-feira (25), que fechou acordo com instituições financeiras para adiar o pagamento de R$ 21,7 bilhões em dívidas.

"A JBS Brasil efetuará o pagamento integral dos juros incorridos nos termos dos contratos originais, bem como o pagamento de quatro parcelas de 2,5% do montante principal do endividamento em questão", afirma a empresa em nota.

Um dos maiores credores do grupo de Joesley e Wesley Batista é a Caixa Econômica Federal.

Parte do que a instituição estatal tem a receber será quitada com o dinheiro da venda do controle da Alpargatas pela J&F -a operação renderá R$ 3,5 bilhões aos Batista.

Junto com a Caixa na renegociação estão ainda Bradesco, Santander, Banco do Brasil, HSBC, BNP Paribas e Bank of China. No total, o grupo é composto por 14 instituições.

Segundo a empresa, as instituições correspondem a 93% do montante principal das dívidas da JBS Brasil.

Em uma negociação paralela, a JBS também fechou uma renegociação de dívidas de R$ 1,2 bilhão com o Itaú Unibanco.

Felpuda


Alguns políticos estão se aproveitando deste momento preocupante de pandemia para sugerir projetos oportunistas que, em alguns casos, são de resultados extremamente duvidosos. O mais interessante – para não dizer outra coisa – é que se for analisado o desempenho normal dessas figuras, verifica-se que essa preocupação toda nunca esteve no topo das suas prioridades. Ano eleitoral é assim mesmo. Lamentável!