Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

FGV

Inflação do aluguel recua na 2ª prévia de agosto

Na primeira prévia deste mês, o índice havia subido 0,10%

18 AGO 15 - 10h:42r7

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) subiu 0,17% na segunda prévia de agosto, ante avanço de 0,71% na segunda prévia de julho, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV), nesta terça-feira, 18. O resultado ficou dentro das estimativas dos analistas do mercado financeiro ouvidos pelo AE-Projeções, que esperavam alta entre 0,13% e 0,35%, com mediana das expectativas em +0,20%. Na primeira prévia deste mês, o índice havia subido 0,10%.

A FGV informou ainda os resultados dos três indicadores que compõem a segunda prévia do IGP-M de agosto. O IPA-M, que representa os preços no atacado, subiu 0,01% neste mês, em comparação com a alta de 0,76% na segunda pré via de julho. O IPC-M, que corresponde à inflação no varejo, apresentou alta de 0,27% na leitura anunciada hoje, após subir 0,56% no mês passado. Já o INCC-M, que mensura o custo da construção, teve elevação de 0,87%, após registrar aumento de 0,72% na mesma base de comparação.

O IGP-M é muito usado para reajuste no preço do aluguel. Até a segunda prévia de agosto, o índice acumula aumentos de 5,23% no ano e de 7,44% em 12 meses. O período de coleta de preços para cálculo do índice prévio mensal foi de 21 de julho ao dia 10 deste mês.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Receita recupera R$ 5,2 bilhões em dívidas de empresas com o Simples
ECONOMIA

Receita recupera R$ 5,2 bilhões em dívidas de empresas com o Simples

Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 32 milhões na terça-feira
LOTERIA

Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 32 milhões na terça-feira

PARTICIPAÇÕES MINORITÁRIAS

Governo quer arrecadar até R$ 4 bilhões com venda de ações que nem sabia que tinha

TRÊS ANOS

Brasil anuncia acordo de cooperação técnica com Alemanha no setor agrícola

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião