Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ECONOMIA

Inflação da terceira idade fica em 0,97% no segundo trimestre, diz FGV

A taxa é inferior ao 1,49% do primeiro trimestre do ano

11 JUL 19 - 14h:05AGÊNCIA BRASIL

O Índice de Preços ao Consumidor da Terceira Idade (IPC-3i), que mede a variação da cesta de consumo de pessoas com mais de 60 anos de idade, registrou inflação de 0,97% no segundo trimestre deste ano. A taxa é inferior ao 1,49% do primeiro trimestre do ano. Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), em 12 meses, o IPC-3i acumula taxa de 4%.

Com este resultado, o IPC-3i acumulado em 12 meses ficou acima da taxa acumulada pelo Índice de Preços ao Consumidor Brasil (IPC-BR), que mede a variação da cesta de consumo de todas as faixas etárias e que foi 3,73%, no mesmo período.

Quatro das oito classes de despesa componentes do índice registraram queda em suas taxas de variação do primeiro para o segundo trimestre. O maior recuo veio do grupo alimentação, cuja taxa caiu de 3,49% para 0,02% no período.

Também contribuíram para a queda da taxa do IPC-3i os grupos: habitação (de 1,46% para 0,79%), comunicação (de 0,17% para 0,13%) e despesas diversas (de 0,69% para 0,68%).

Por outro lado, quatro grupos tiveram alta na taxa: saúde e cuidados pessoais (de 1,28% para 2,05%), transportes (de 0,14% para 0,77%), vestuário (de -0,32% para 2,09%) e educação, leitura e recreação (de 1,09% para 1,90%).

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ECONOMIA

Em menos de 5 anos, País terá de voltar a discutir capitalização, diz secretário

Dívidas de IPVA somam R$ 116,7 milhões em Mato Grosso do Sul
2019

Dívidas de IPVA somam
R$ 116,7 milhões em MS

ECONOMIA

Mercado reduz estimativa de crescimento da economia para 0,81%, diz BC

Hortifruti pode custar até 5 vezes mais em MS
ECONOMIA

Hortifruti pode custar até 5 vezes mais em MS

Mais Lidas