Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

quarta, 20 de fevereiro de 2019 - 20h40min

FADEFE

Indústrias terão de criar 11 mil vagas
no Estado em troca de incentivos

Governo fechou 810 acordos com as empresas, que terão quatro anos para cumprir metas

7 DEZ 18 - 06h:30EDUARDO FREGATTO

O governo do Estado renovou incentivos fiscais de 323 empresas, que assumiram o compromisso de investir R$ 16,8 bilhões e gerar 11 mil empregos em Mato Grosso do Sul pelos próximos quatro anos. Os dados são do Fórum Deliberativo do MS-Indústria, que finalizou ontem a análise das adesões feitas ao Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Econômico e de Equilíbrio Fiscal do Estado (Fadefe). Em troca, os empreendimentos recebem segurança jurídica e incentivos fiscais até o ano de 2032. Foram firmados 810 termos de acordos até o momento.

“Foi um trabalho árduo da equipe técnica do Fórum, para que a gente pudesse analisar e aprovar cada solicitação de adesão. Todo o sistema foi feito on-line, desde a adesão das empresas até o voto dos conselheiros do Fórum. Agora, teremos a formalização e a assinatura dos aditivos dos termos de acordo.

Até 31 de dezembro, deveremos enviar esses termos de acordo repactuados para a validação do Confaz”, informou Jaime Verruck, titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

O secretário frisa que a revisão dos incentivos fiscais dá segurança jurídica para os empresários que já atuam no Estado. As empresas que aderiram ao Fadefe pagam uma alíquota adicional, que varia entre 8% e 15%, de acordo com o grau de cumprimento do que prometeu quando recebeu o incentivo estadual.

“Implantamos um programa que dá transparência ao incentivo fiscal, para que a gente faça, a partir de agora, toda a gestão dos compromissos assumidos por essas empresas. Vamos, dentro do Fadefe, monitorar anualmente o cumprimento de todos os termos de acordo nas variáveis emprego, investimento e faturamento. A Semagro fará o acompanhamento desse processo”, acrescentou.

AMPLIAÇÃO

Nesta semana, os secretários Jaime Verruck e Eduardo Riedel entregaram na Assembleia Legislativa projeto de lei do Poder Executivo que reabre e prorroga por 60 dias o prazo para empresas aderirem ao Fadefe. “Será a oportunidade para que empresas do Estado que estiverem aptas a aderir ao Fundo possam fazer essa solicitação e também convalidar seus incentivos”, explicou Verruck.

PROGRAMA
A oitava e última reunião do Fórum neste ano foi realizada na Semagro. O Fórum é formado por representantes da Sefaz, Sedhast, Fiems, Fetagri, Fecomércio, Famasul, FTI, PGE, Assomasul e OCB/MS e presidido pelo titular da Semagro.

O Fundo foi criado no fim de 2017 para atender à legislação federal e convalidar os incentivos fiscais concedidos pelo governo estadual. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Empregadores devem entregar declaração até 5 de abril
RAIS 2018

Empregadores devem entregar declaração até 5 de abril

ECONOMIA

Reforma da Previdência prevê 40 anos de contribuição para receber benefício integral

Reforma da Previdência vai gerar economia de R$ 1,1 tri
EM 10 ANOS

Reforma da Previdência vai gerar economia de R$ 1,1 tri

Bolsonaro entrega ao Congresso proposta de reforma da Previdência
ECONOMIA

Bolsonaro entrega proposta
de reforma da Previdência

Mais Lidas