Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ECONOMIA

Indicador de emprego registrou crescimento em junho, diz FGV

Classe de renda que mais contribuiu para o recuo foi entre R$ 2.100 e R$ 4.800.

9 JUL 19 - 14h:20AGÊNCIA BRASIL

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou hoje (9) dois indicadores referentes ao mercado de trabalho, coletados em junho. O Indicador Antecedente de Emprego ( Iaemp) subiu 0,8 ponto e agora registra 86,6 pontos. O índice registrou este crescimento em junho após recuo nos quatro meses anteriores.

O Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) caiu 1,1 ponto, no mesmo período. Indo para 94,6 pontos, depois de registrar crescimento nos três meses anteriores. O ICD é um indicador com sinal semelhante ao da taxa de desemprego, ou seja, quanto menor o número, melhor o resultado. O Iaemp é uma combinação de resultados das sondagens da Indústria, de Serviços e do Consumidor e mostra os rumos do mercado de trabalho no país.

O ICD é construído com base em quatro faixas de rendas salariais. Em junho, a classe de renda que mais contribuiu para o recuo do ICD foi a dos consumidores com renda familiar mensal entre R$ 2.100 e R$ 4.800.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ECONOMIA

Em menos de 5 anos, País terá de voltar a discutir capitalização, diz secretário

Dívidas de IPVA somam R$ 116,7 milhões em Mato Grosso do Sul
2019

Dívidas de IPVA somam
R$ 116,7 milhões em MS

ECONOMIA

Mercado reduz estimativa de crescimento da economia para 0,81%, diz BC

Hortifruti pode custar até 5 vezes mais em MS
ECONOMIA

Hortifruti pode custar até 5 vezes mais em MS

Mais Lidas