Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

PIB

Governo deve reduzir previsão de crescimento da economia em 2019

24 JUN 19 - 17h:02AGÊNCIA BRASIL

O Ministério da Economia vai reduzir a expectativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos no país) de 2019. A revisão deve constar no próximo Relatório Bimestral de Receitas e Despesas, que será divulgado em julho, segundo informou hoje (24) o subsecretário de Política Fiscal da Secretaria de Política Econômica da pasta, Marco Cavalcanti, durante coletiva de imprensa para apresentar os dados da arrecadação de maio.

No mês passado, o governo havia projetado alta de R$ 1,6% no PIB, mas o mercado financeiro já fala em crescimento inferior, na faixa de 0,87%. Se confirmada, será a terceira redução consecutiva da perspectiva de crescimento do PIB estimada pelo governo, que chegou a projetar 2,2% de alta em março.  

"Houve uma deterioração muito rápida das expectativas em poucos meses", disse Cavalcanti. "Assim como todo o mercado está revendo, vamos rever nossa estimativa, que será divulgada em breve, por ocasião do relatório de avaliação bimestral [de receitas e despesas]. Muito provavelmente será abaixo da nossa previsão anterior, mas não vamos adiantar números ainda", acrescentou.

Apesar das previsões mais pessimistas para o crescimento da economia, o governo registrou mais um aumento na arrecadação das receitas federais no mês passado. Houve aumento real de 1,92% em maio, na comparação com o mesmo mês de 2018, no melhor resultado para o mês desde 2014.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Autorizada licitação de obra da ponte sobre rio Paraguai, com início em 2020
PORTO MURTINHO

Autorizada licitação de obra da ponte sobre rio Paraguai

TRANSPORTE CARGAS

Já estão em vigor novas regras do frete mínimo para caminhoneiros

O cálculo do frete mínimo agora abrange 11 categorias
Dívidas de IPVA alcançam R$ 47,1 milhões no Estado
TRÂNSITO MS

Dívidas de IPVA alcançam R$ 47,1 milhões no Estado

Banana, laranja e maçã tiveram<br> menor preço em junho
COMÉRCIO HORTIFRUTI

Laranja e maçã registraram menores preços em junho

Mais Lidas