Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

AUMENTO

Gasolina sobe R$ 0,07 em um mês, aponta ANP

Valor médio do combustível passa de R$ 4,06 para R$ 4,13

13 OUT 19 - 13h:10SÚZAN BENITES

O preço médio da gasolina ficou R$ 0,07 mais caro no período de quatro semanas em Mato Grosso do Sul. É o que aponta o levantamento realizado pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). 

A pesquisa realizada entre oa dias 15 e 21 de setembro apontavam que o litro do combustível era comercializado a R$ 4,06, em média. Enquanto no período de 6 a 12 de outubro passou a custar R$ 4,13 para o consumidor. O valor mínimo registrado no período é de R$ 3,93, enquanto o mais caro chega aos R$ 4,75.

Conforme o levantamento, o menor valor, entre os municípios pesquisados em Mato Grosso do Sul, foi encontrado em Campo Grande, com preço médio de R$ 4,05. O preço da gasolina variou, nesta semana, entre R$ 3,93 e R$ 4,29. 

O combustível mais caro foi encontrado em Corumbá. O valor médio pago pelo litro do combustível é de R$ 4,61. Na cidade, o preço máximo comercializado é de R$ 4,63 enquanto o mais barato que o corumbaense paga pela gasolina é R$ 4,59.

Em Coxim o litro do combustível custa R$ 4,44, no município de Três Lagoas o preço médio é de R$ 4,40 e  em Nova Andradina R$ 4,39. Na região Sul do Estado o litro é comercializado a R$ 4,41 em Ponta Porã e em Dourados R$ 4,16. 

No mesmo período, entre 6 e 12 de outubro, o preço médio do do litro do etanol foi comercializado a R$ 3,38 no Estado. Com o mínimo de R$ 2,99 e o máximo de R$ 3,87.

O diesel por sua vez apresentou variação entre R$ 3,55 e R$ 4,09 no período. Com preço médio de R$3,74 por litro de combustível.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRICS

Reformas vão tornar Brasil mais atrativo a negócios, diz Bolsonaro

Dólar vai a R$ 4,18 e tem maior cotação desde setembro de 2018
MERCADO FINANCEIRO

Dólar vai a R$ 4,18 e tem maior cotação desde setembro de 2018

Sob nova direção, termelétrica é esperança de MS driblar crise do gás
ALÍVIO PARA O GOVERNO

Sob nova direção, termelétrica é esperança de MS driblar crise do gás

BRASIL

Emenda Constitucional da reforma da Previdência é publicada

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião