Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

BAHIA

Ford suspende produção e dá folga a cerca de 3.500 trabalhadores

Linha de Ka e EcoSport fica parada até esta sexta (14)

13 AGO 15 - 22h:00G1

A Ford suspendeu temporariamente a produção nas fábricas de carros e de motores no Polo Industrial de Camaçari, na região metropolitana de Salvador.

Com isso, cerca de 3.500 trabalhadores do setor operacional estão de folga e só voltam ao trabalho na segunda-feira (17). Segundo a empresa, a medida foi tomada para ajustar o ritmo de produção à demanda do mercado.

A linha de carros está parada desde a última quarta-feira (12) e fica assim até esta sexta-feira (14). A interrupção da produção de motores começou na segunda-feira (10) e também dura até sexta.

A fábrica produz os veículos Ford Ka e Ka+(sedã), e também o EcoSport. Além disso, a unidade fabrica ainda o motor 1.0 que abastece o Ford Ka.

A Ford já tinha dado uma férias coletivas no meio do ano, que durou 10 dias, entre 25 de maio e 3 de junho.

Queda nas vendas
A venda de veículos no Brasil teve queda de 22,78% em julho, ao comparar com o mesmo mês do ano passado, informou a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) no início de agosto. De acordo com a entidade, foram 227.621 automóveis, comerciais leves, ônibus e caminhões emplacados no mês, enquanto julho de 2014 chegou a 294.757 unidades.

Na comparação julho com junho, houve aumento de 7,10% nos emplacamentos, já que no mês passado foram registradas 212.522 unidades. No entanto, o acumulado mostra queda de 21% nos sete primeiros meses de 2015. Foram 1.546.587 unidades vendidas, contra 1.957.594 veículos no mesmo período de 2014.

O cenário de queda segue após o fechamento do 1º semestre de 2015 como o pior desde 2007. Com o resultado, a Fenabrave piorou as projeções para o ano.

Em janeiro, a expectativa era de 10% de queda nas vendas sobre 2014. Em maio, foi revisada para 18,9% e agora passa para 23,9%, estimando um total de 2.662.857 veículos emplacados, 834 mil a menos do que no ano passado. Para automóveis e comerciais leves (furgões e picapes), a baixa prevista é de 23%, totalizando 2.563.126.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ANÁLISE

Aumento do trabalho por conta própria está relacionado a aplicativos

VETO

Governo recua e não vai mais distribuir 100% do lucro do FGTS com trabalhadores

MERCADO FINANCEIRO

Dólar fecha abaixo de R$ 4,10 pela primeira vez em mais de um mês

Suzano instalará mais uma fábrica de celulose em Mato Grosso do Sul
RIBAS DO RIO PARDO

Suzano instalará mais uma fábrica de celulose em Mato Grosso do Sul

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião