Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ECONOMIA

Estiagem traz resultados positivos na moagem de cana em MS

Até a primeira quinzena de agosto foram produzidas 666 mil toneladas de açúcar, quantidade 21,3% maior
25/08/2015 13:30 - DA REDAÇÃO


A Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul (Biosul), apresentou os dados da safra 2015/2016 com moagem até 15 de agosto. O acompanhamento da safra de cana-de-açúcar no MS é informado quinzenalmente, a safra começou em abril/2015 e deve seguir até janeiro/2016.

O volume acumulado de cana-de-açúcar processada até o momento é de 24,19 milhões de toneladas, 23,08% maior em relação a 2014.
 
Na primeira quinzena de agosto foram processadas 3,86 milhões de toneladas de cana, 10,71% maior que no mesmo período na safra passada.  

O índice que mede a qualidade da matéria prima, o ATR/TC (Açúcares Totais Recuperáveis por tonelada de cana) atingiu 125,42 kg no acumulado, volume 1,46% maior que o da safra passada e na quinzena, atingiu 132,97kg.

Até a primeira quinzena de agosto foram produzidas 666 mil toneladas de açúcar, quantidade 21,3% maior que a produção registrada anteriormente, que foi de 549mil toneladas.

Dados referentes à produção de etanol registram que o acumulado até a 15 de agosto foram produzidos 327 milhões de litros de etanol anidro e 1,051 bilhão de litros de etanol hidratado, resultando 1,37 bilhão de litros de biocombustível produzido, volume 25,9% maior que na safra 2014/2015.

Segundo o Presidente da Biosul, Roberto Hollanda, “Retomamos a produção após o período chuvoso e conseguimos alcançar o maior volume de moagem dessa safra até aqui, ao longo do mês de agosto vamos fazer um levantamento para a segunda estimativa de produção da safra 2015/2016.”

Felpuda


Certa pré-candidatura à Prefeitura de Campo Grande nasceu com grandes brechas que certamente serão usadas pelos adversários no período da campanha eleitoral, segundo voz corrente nos bastidores políticos. Uma delas: como o postulante vai dizer que fará boa administração se no período em que administrou conhecida instituição passou boa parte do tempo reclamando de crise financeira e ameaçando fechar as portas?