Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sábado, 19 de janeiro de 2019

ARRECADAÇÃO

Estado tem crescimento de 19,04% nas receitas de novembro

Resultado se deve à arrecadação do ICMS, a mais alta de janeiro a novembro

8 JAN 2019Por RENATA PRANDINI11h:26

Mato Grosso do Sul fechou novembro do ano passado com aumento de 19,04% na sua arrecadação. De acordo com demonstrativo da receita corrente líquida, no penúltimo mês do ano passado, o Estado teve uma receita de R$ 987,853 milhões já com todas as deduções, R$ 158,023 milhões a mais em comparação ao mês anterior, quando o estado havia arrecadado R$ 829,830 milhões.

Já em comparação ao mesmo período do ano passado, o aumento  da receita chega a 25,30% a mais, o que equivale a um incremento na arrecadação  de R$ 20,273 milhões a mais nos cofres públicos estaduais. 

Ainda segundo o relatório, um dos responsáveis pelo incremento naquele mês foi o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), principal fonte do Estado, o tributo gerou R$ 783,780 milhões somente no mês passado, melhor resultado de janeiro a novembro, e que equivale a um aumento de 11,58% em comparação a outubro. Em novembro de 2017, a arrecadação com o ICMS havia fechado em R$700,522 milhões.  

De janeiro a novembro do ano passado, a receita corrente líquida do Estado foi de R$ 9,769 bilhões, sendo R$ 7,820 bilhões somente de ICMS.  Outros tributos como Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e Imposto sobre Renda Retido na Fonte (IRRF) geraram receita de R$ 597,788 milhões e R$ 792,816 milhões, de janeiro a novembro deste ano.

Outra importante fonte de arrecadação é o Fundo de Participação ao Estado (FPE) repassou R$ 1,076 bilhão aos cofres públicos estaduais. Somente no mês passado, o governo do Estado recebeu R$ R$ 101,779 milhões da União.

MUNICÍPIOS

Ainda conforme o demonstrativo, de janeiro a novembro, o governo do Estado repassou R$ 2,662 bilhões aos municípios referentes ao ICMS.  No mês de novembro, o repasse foi de R$ 217,007 milhões. 

 

*Matéria editada às 9h de quarta-feira (9) para correção de informações. O acréscimo na receita foi de R$ 158,023 milhões e não R$ 15 milhões como informado anteriormente.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também