Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

DEFICIT

Estado perdeu R$ 270 milhões em arrecadação de ICMS com gás natural

Bombeamento instável e a queda nos preços foram responsáveis pela queda

2 DEZ 19 - 14h:32RICARDO CAMPOS JR

Bombeamento instável e a queda nos preços fizeram Mato Grosso do Sul perder R$ 270 milhões em arrecadação de ICMS com o gás natural. Em coletiva nesta segunda-feira (2), o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou que essa cifra ainda não leva em consideração os lançamentos de dezembro e o déficit pode chegar a R$ 300 milhões até o fim do ano.

Nos bons tempos, como definiu o gestor, o poder público chegou a arrecadar R$ 140 milhões com o produto em um único mês, mas este ano houve ocasiões em que os ganhos não passaram dos R$ 80 milhões.

“Houve uma queda bruta. A arrecadação, por outro lado, se mantém e vamos ter um resultado final parecido com o de 2018 por ter de conviver com a insegurança do bombeamento. Um mês bombeia, outro não, além da incerteza por conta dessa instabilidade politica na Bolívia. 

Azambuja afirmou ainda que os reajustes tributários aplicados pelo Governo foram pensados para contrabalancear as receitas do poder público. “O Estado cumpre com as obrigações e enfrenta todas essas situações”, ponderou.

Crise do gás começou em Mato Grosso do Sul em 2015, quando o consumo do produto forçou quedas na importação. 

A situação agravou ainda mais em meados de 2016 quando a Petrobras decidiu expandir a produção do gás natural brasileiro retirado do Pré-Sal, reduzindo a importação boliviana. O problema é que o estado só ficava com o ICMS do produto que passava pela fronteira com a Bolívia no estado.

Uma das medidas para resolver o problema é a compra direta do gás boliviano pelo Estado. A medida atrasou por conta dos conflitos políticos na Bolívia.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Fábrica em Ribas do Rio Pardo deve gerar até 7 mil empregos
DESENVOLVIMENTO

Fábrica em Ribas do Rio Pardo deve gerar até 7 mil empregos

Acumulado, próximo concurso da Mega-Sena deve pagar R$ 36 milhões
APOSTAS

Acumulado, próximo concurso da Mega-Sena deve pagar R$ 36 milhões

MERCADO INTERNACIONAL

Analistas veem ganho para Brasil com acordo entre EUA e China

Governo quer leiloar 44 ativos de infraestrutura em 2020, diz ministro
BRASIL

Governo quer leiloar 44 ativos de infraestrutura em 2020, diz ministro

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião