Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 23 de outubro de 2018

ARRECADAÇÃO

Estado fecha contas do semestre
com superavit de R$ 1,4 bilhão

Apesar do desaquecimento da economia e dos efeitos da greve em maio, MS teve alta de 16%

28 JUL 2018Por DA REDAÇÃO06h:00

Mesmo com o desaquecimento da economia nacional, Mato Grosso do Sul fechou o primeiro semestre deste ano com as contas superavitárias, em R$ 1,459 bilhão, conforme dados do Portal da Transparência estadual. O total arrecadado no período foi de R$ 7,107 bilhões e as despesas liquidadas somaram R$ 5,648 bilhões. 

O valor arrecadado de janeiro a junho de 2018 é 16,64% maior que o montante do mesmo intervalo do ano anterior, de R$ 6,093 bilhões. Conforme o Portal da Transparência, apenas com o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS), o governo arrecadou, neste primeiro semestre, R$ 4,093 bilhões, valor 11,50% maior que os R$ 3,617 bilhões proporcionados pelo tributo entre janeiro e junho de 2017. 

O ICMS representou o equivalente a 50,05% do que entrou nos cofres do governo estadual no período. Uma queda neste tributo pode vir a ocorrer no fechamento das contas do mês de julho, como possível reflexo da paralisação dos caminhoneiros, que causou menor movimentação de mercadorias e desabastecimento de produtos no Estado. No fim de maio, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) chegou a divulgar estimativa de perda de R$ 130 milhões em ICMS para o Estado como impacto da greve dos caminhoneiros.

* Leia a reportagem, de Daniella Arruda, na edição deste sábado/domingo do jornal Correio do Estado.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também