Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

plano de desestatização

Estado dá mais um passo para
privatização da MSGás

Ao lado de Pernambuco, MS está no primeiro lote de licitação do BNDES

26 JUL 2017Por DA REDAÇÃO05h:00

Mato Grosso do Sul deu mais um passo para o processo de privatização da Companhia de Gás do Estado (MSGás).

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) divulgou, ontem, abertura de processo licitatório para definir as empresas que farão os estudos técnicos para a desestatização da empresa. 

Conforme informações do banco,  os editais contemplam contratação de serviços relativos à estruturação e implementação da desestatização de duas companhias estaduais no País, a MSGás e Companhia Pernambucana de Gás (Copergás).

 Para as duas companhias, explicou o banco, os estudos e estruturação da privatização foram divididos em duas partes:  “Serviço A”, relativo à avaliação econômico-financeira; e “Serviço B”, que envolve o estudo de alternativas para evolução no modelo regulatório do setor, a modelagem do processo de desestatização, uma completa due dilligence da companhia, assessoria jurídica e de comunicação além do escopo previsto no “Serviço A” e outros serviços profissionais especializados.

Para isso, a empresa vencedora do certame deverá apresentar um raio-x da situação atual da companhia e também projeções para o mercado futuro. 

*Leia reportagem, de Renata Prandini, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Leia Também