terça, 14 de agosto de 2018

CONTAS INATIVAS

Em Mato Grosso do Sul, 106 mil pessoas
deixaram de sacar o FGTS

Nas quatro primeiras etapas, 388,8 mil trabalhadores receberam o recurso

4 JUL 2017Por DA REDAÇÃO07h:00

Em Mato Grosso do Sul, até o fim de junho, cerca de 106 mil trabalhadores ainda não haviam sacado o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de contas inativas.

O volume corresponde a 21,5% do total previsto de trabalhadores nas três primeiras etapas do programa, que se iniciou em março deste ano, por meio de medida provisória do governo federal. 

Conforme dados da Caixa Econômica Federal, para Mato Grosso do Sul, foi estimada, em todas as etapas do programa, a liberação de R$ 564 milhões, a serem distribuídos para aproximadamente 537,2 mil trabalhadores.

As quatro primeiras etapas beneficiaram trabalhadores nascidos entre janeiro e novembro, que somam cerca de 494,4 mil pessoas. Deste total, 388,8 mil trabalhadores compareceram a uma agência da Caixa para receber o recurso extra. 

O quadro se inverte quando levado em consideração o volume de dinheiro sacado. Ainda segundo dados do banco, no Estado, até o dia 28 de junho foram sacados em torno de R$ 515,6 milhões, montante que corresponde a 99,4% do total previsto para ser liberado nas quatro primeiras etapas do programa, R$ 518,8 milhões, aproximadamente.

*Leia reportagem, de Renata Prandini, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Leia Também