CORREÇÃO DE VALORES

Em 4 anos, procuradoria reduziu dívida com precatórios em R$ 101 milhões

Dívida do Estado com cidadãos ou empresas é de R$ 165,9 mi
21/02/2019 17:33 - GLAUCEA VACCARI


Nos últimos quatro anos, auditoria em planilhas e correções de valores reduziram a dívida de precatórios de Mato Grosso do Sul em mais de R$ 101 milhões, segundo informou a Procuradoria-Geral do Estado. 

Os precatórios são dívidas que o poder público tem com os cidadãos ou empresas, após condenação judicial que o Estado perde e não pode mais recorrer.

De acordo com a PGE, considerando o orçamento de 2016 a 2019, houve pretensão judicial pelos credores do Estado no valor de R$ 267.985.416,01. No entanto, a Procuradoria-Geral, por intermédio da Procuradoria de Cumprimento de Sentença e Precatórios (PCSP), auditou planilhas e corrigiu os valores, sendo a dívida reduzida para R$ 165.985.804,01, o que representa uma economia de R$ 101.999.611,80 aos cofres do Estado.

Ainda segundo a PGE, os números representam a diferença entre o valor pretendido em cada processo judicial atualizado e o valor, de fato, requisitado mediante precatórios de natureza alimentar, que são aqueles em que a pessoa teve sua fonte de renda prejudicada pelo Governo, e os de natureza comum, da administração direta.

Essa economia do Governo é referente é a diferença expurgada entre os anos de 2016 e 2019, e corresponde a 38,06% dos valores pretendidos no mesmo período. 

ACORDOS

Decreto estadual nº 14.894, de 20 de dezembro de 2017 dispõe sobre a realização de acordo direto para o pagamento de precatórios, enquanto vigorar o regime especial previsto na Emenda Constitucional nº94, de 15 de dezembro de 2016, dos recursos que forem depositados em conta própria para o pagamento de precatórios, 50% será destinado ao pagamento, mediante acordos diretos, nos termos previstos no decreto estadual.

Os termos de que se trata o texto são a autorização para celebração de acordos diretos, pela PGE com os credores, mediante redução de 40% do valor total do crédito atualizado, que incide sobre a totalidade do valor pretendido pelo proponente. 

Estes acordos são celebrados e submetidos a homologação no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul.

CONSULTA

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul disponibiliza, em seu site, a consulta do ranking de classificação de precatórios. Qualquer pessoa pode consultar a lista, selecionando o ano desejado.

O Tribunal chama a atenção para o fato de que os valores publicados são os originais, que serão atualizados apenas no momento do pagamento. 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".