Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ECONOMIA

Em 2019, 18 mil empregos foram criados em Mato Grosso do Sul

Nos últimos 12 meses, o saldo ficou positivo em 5.561 empregos.

26 SET 19 - 09h:27Súzan Benites

Mato Grosso do Sul criou 1.152 empregos formais no mês de agosto. Conforme os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pela Secretaria de Trabalho da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, nos oito meses deste ano, o Estado acumula 18.166 novas vagas de emprego formal, com 178.221 admissões e 160.055 demissões. Nos últimos 12 meses, o saldo ficou positivo em 5.561 empregos.

O número positivo em agosto é resultado de 20.297 admissões e 19.145 demissões, variação de 0,22% em relação ao mês anterior. Veja os setores de atividade econômica que mais geraram empregos:

Serviços, com 571 vagas

Indústria de transformação, com 499 vagas

Na contramão, o setor da agropecuária mais fechou vagas, ficando com saldo negativo de 180 postos de trabalho. Já a administração pública admitiu 5 e demitiu outras 5, ficando com saldo zerado no mês.

Campo Grande foi responsável pela maior criação de vagas no Estado, em agosto, registrando saldo de 638 empregos, resultado de 8.493 admissões contra 7.855 demissões no período.

Na sequência, o município que mais criou vagas de trabalho foi Dourados, com 225, seguido de Paranaíba (82), Aquidauana (75), Ponta Porã (59), Amambai (56), Três Lagoas (48), Rio Brilhante (31), Coxim e Maracaju (5). Entre os que tiveram mais desligamentos do que contratações, se destacam Naviraí, com saldo de -111, Corumbá (-24), Nova Andradina (-22) e Sidrolândia (-4).

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ECONOMIA

Bancos privados fazem ofensiva e, com cooperativas, já têm 30% do crédito rural

Tributação sobre renda das empresas é uma das mais altas do mundo
CNI

Tributação sobre renda das empresas é uma das mais altas do mundo

Receita pode compartilhar dados fiscais com órgãos de controle
PARECER

Receita pode compartilhar dados fiscais com órgãos de controle

Setor turístico comemora fim da bitributação
IMPOSTO

Setor turístico comemora
fim da bitributação

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião