Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CÂMBIO

Dólar passa a barreira dos R$ 3,50 e fecha em alta pelo 6º dia

A moeda norte-americana avançou 1,39%, cotada a R$ 3,5374

6 AGO 15 - 16h:37G1

O dólar fechou mais uma vez em alta nesta quinta-feira (6), ultrapassando a barreira dos R$ 3,50, em meio à contínua deterioração do cenário político e econômico brasileiro e expectativas de alta de juros nos Estados Unidos.

A moeda norte-americana avançou pela 6ª sessão seguida e subiu 1,39%, cotada a R$ 3,5374 - maior cotação desde 5 de março de 2003, quando fechou a R$ 3,555. Mais cedo, a cotação chegou a bater R$ 3,5709. Veja a cotação.  

Na semana e no mês, o dólar acumula alta de 3,29%. No ano, há valorização de 33,05%. Nas seis altas consecutivas, o dólar subiu 6,25%.

Essa forte alta refletiu na cotação nas casas de câmbio, que vendem o dólar turismo, valor que é sempre maior que o divulgado no câmbio comercial. Nas casas de câmbios pesquisadas pelo G1, o dólar chegou a R$ 3,97. 

"Com o dólar do jeito que está, é preciso que haja uma notícia muito forte para o mercado parar de subir", disse à Reuters o superintendente de câmbio da corretora Tov, Reginaldo Siaca. Pesquisa Datafolha mostrou nesta quinta-feira que a impopularidade da presidente Dilma Rousseff é recorde entre todos os presidentes desde 1990.

Somava-se a isso outras turbulências políticas, com atritos entre o Legislativo e o Executivo gerando entraves para a aprovação de projetos importantes para o governo no Congresso.

"Eles (Congresso) estão atropelando a Dilma", disse à Reuters o gerente de câmbio da corretora BGC Liquidez, Francisco Carvalho. "Enquanto a situação estiver confusa como agora, o dólar não vai parar de subir".

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Funsat seleciona vendedores e promotores de vendas nesta terça
OPORTUNIDADE

Funsat seleciona vendedores
e promotores nesta terça

MS poderá usar até R$ 500 milhões para obras de infraestrutura
CONDEL SUDECO

MS poderá usar até R$ 500 mi para obras de infraestrutura

Confiança da indústria cai 1,6 ponto na prévia de maio, diz FGV
DESCONFIANÇA

Confiança da indústria cai 1,6 ponto na prévia de maio, diz FGV

EM BRASÍLIA

Aprovada ampliação de financiamento para aquisição de suínos pelo FCO

A proposta foi apresentada por Azambuja em Brasília

Mais Lidas