Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 25 de setembro de 2018

ECONOMIA

Dólar fecha semana em queda, a R$ 3,851, mesmo nova fase de guerra comercial

13 JUL 2018Por FOLHAPRESS22h:00

A semana foi positiva para a Bolsa brasileira, e o dólar fechou em baixa favorecido pela melhora nos ânimos dos investidores mesmo após o acirramento da disputa comercial entre Estados Unidos e China.

A moeda americana terminou a semana a R$ 3,851, queda de 0,49% em uma semana. O real ficou entre os dez emergentes que avançaram ante o dólar, considerando uma cesta de 24 divisas.

"Mas é importante notar: não vemos, a partir de agora, uma tendência de baixa do dólar por aqui. No curto prazo, o viés segue sendo altista, em nossa opinião", escreveu a corretora Guide em relatório a clientes nesta sexta.

O debate político pode voltar à pauta do mercado financeiro na próxima semana, com o início das convenções partidárias na sexta (20). É quando começará a ficará um pouco mais clara a disputa presidencial, hoje pulverizado entre muitos pré-candidatos.

A Bolsa brasileira teve um dia positivo, também na carona dos ganhos no exterior.

O Ibovespa, principal índice acionário do país, ganhou 0,97%, a 76.594 pontos. Na semana, o ganho foi de 2,11%, levando o Ibovespa a três semanas consecutivas no positivo.

O volume de negócios, no entanto, está abaixo da média do ano, a R$ 9,4 bilhões, com o início da temporada de férias de verão no hemisfério norte.

O destaque do dia foram as ações do Pão de Açúcar, que avançaram quase 3% após divulgar dados positivos de vendas no segundo trimestre apesar da paralisação dos caminhoneiros.

O setor financeiro teve mais um dia positivo, o que também ajudou a sustentar o Ibovespa.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também