Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

INADIMPLÊNCIA

Cartão de crédito é responsável por 66% das dívidas na Capital

Pesquisa é realizado pelo Instituto de Pesquisa (IPF-MS)

10 JUL 19 - 15h:33ALINE OLIVEIRA

Foi divulgada nesta quarta-feira (10), a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) e os dados relativos a Campo Grande registraram aumento na inadimplência das famílias.

Os gastos com cartão de crédito são responsáveis pela situação de 66% das pessoas entrevistadas. 

Em seguida estão as dívidas com carnês, 20,6%, financiamento da casa 14% e com financiamento de carros 13%. Em junho, 58,8% dos entrevistados tinham compromissos parcelados, frente a 54,15% no mês de maio. 

De acordo com a economista do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio/MS, Daniela Dias, também houve elevação no número de pessoas que informaram ter contas em atraso. 

“O maior índice de pessoas com compromissos parcelados já era esperado, uma vez que a última pesquisa sazonal, para o Dia dos Namorados, apontava aumento do número de consumidores que pretendia pagar suas contas à prazo”, explica.

Por outro lado, o número de famílias que informava que não teria condições de saldar as dívidas ficou em 12,7%, uma ligeira baixa comparada a maio, quando eram 12,9%.

Quando questionados sobre o nível de endividamento, 14,2% disseram que se consideram muito endividados e 23,1% pouco endividados.

Outro dado observado na pesquisa é o tempo de atraso no pagamento das dívidas, com 45,7% dos entrevistados pontuando mais de 90 dias de inadimplência, 20,9% entre 30 e 90 dias e 15,8% em até 30 dias. 

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Projeto itinerante realiza negociação com inadimplentes da Capital
CAMPO GRANDE

Projeto itinerante realiza negociação com inadimplentes

Autorizada licitação de obra da ponte sobre rio Paraguai, com início em 2020
PORTO MURTINHO

Autorizada licitação de obra da ponte sobre rio Paraguai

TRANSPORTE CARGAS

Já estão em vigor novas regras do frete mínimo para caminhoneiros

O cálculo do frete mínimo agora abrange 11 categorias
Dívidas de IPVA alcançam R$ 47,1 milhões no Estado
TRÂNSITO MS

Dívidas de IPVA alcançam R$ 47,1 milhões no Estado

Mais Lidas