Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ALIMENTAÇÃO

Depois de duas altas, cesta básica fica mais barata na Capital em maio

Tomate e banana tiveram maiores quedas no preço e batata a maior alta

6 JUN 17 - 16h:57GLAUCEA VACCARI

Cesta básica ficou mais barata no mês de maio em Campo Grande, depois de registrar duas altas consecutivas. Preço caiu de R$ 402,19, registrado em abril, para R$ 395,11 no mês passado, conforme levantamento divulgado hoje pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Conforme o levantamento, Campo Grande teve a sexta com maior redução entre as capitais do país, com variação de -1,76%. Em dinheiro, queda foi de R$ 7,08, sendo a 16ª mais barata entre as capitais.

Seis produtos tiveram redução no preço, sendo o tomate o teve queda mais significativa, de -11,51%, seguido pela banana (-10,79%). Também ficaram mais baratos o óleo (-4,40%), açúcar (-4,29%), carne (-1,32%) e farinha (-1,25%).

Já entre os itens que aumentaram, batata teve a maior inflação, de 9,62%. Outros produtos que aumentaram foram o feijão (7,02%), arroz (3,25%), manteiga (2,01%), café (1,96%), pão (1,12%) e leite (0,58%).

Trabalhador que recebe um salário mínimo, de R$ 937, precisou comprometer 45,83% dessa renda para adquirir a cesta básica.

De janeiro até maio, cesta básica acumula retração de -3,17% na Capital. Em relação aos últimos 12 meses, queda é de -1,62%.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

RECUPERAÇÃO JUDICIAL

Infraero cobrará antecipadamente tarifa de operação de voos da Avianca

Em MS, 350 profissionais terão de rever declaração na Receita
OPERAÇÃO PANDORA

Em MS, 350 profissionais terão de rever declaração na Receita

Fábrica de MDF em Água Clara oferecerá 100 novos empregos
DESENVOLVIMENTO LOCAL

Fábrica de MDF em Água Clara oferecerá 100 novos empregos

Ministério do Trabalho investigará demissão em massa na Mabel
TRÊS LAGOAS

MPT investigará demissão em massa na Mabel

Mais Lidas