Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ECONOMIA

Demanda por bens industrias varia 0,1% em maio, diz Ipea

Queda foi vista em 13 de 22 setores medidos

9 JUL 19 - 12h:58AGÊNCIA BRASIL

O consumo de bens industriais no Brasil aumentou 0,1% em maio na comparação com abril, divulgou hoje (9) o Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea).

O Indicador Ipea de Consumo Aparente de Bens Industriais mede essa demanda, levando em conta os bens industriais produzidos no Brasil e os importados de outros países. Segundo o instituto, a demanda pelos bens nacionais caiu 0,2%, enquanto o consumo aparente de importados aumentou 2,9%.

A comparação de maio deste ano com o ano passado mostra uma alta de 7,2% no indicador geral, aumento que se dá sobre um mês que teve influência da greve dos caminhoneiros, que ocorreu em maio do ano passado.

Queda em 13 de 22 setores

Dos 22 segmentos da indústria pesquisados, somente nove tiveram variações positivas de demanda na comparação entre maio e abril. O consumo aparente de aparelhos e materiais elétricos avançou 13,4%, e o de alimentos, 5,7%.

Os bens de capital foram os únicos que tiveram variação positiva na demanda entre abril e maio de 2019, com alta de 3,9%. Os bens intermediários permaneceram estáveis e a demanda por bens de consumo teve uma queda de 3,7% em maio.

O consumo de bens da indústria extrativa teve alta de 30,3% em maio, variação que representa uma recuperação após ter sido impactada pela tragédia na barragem de Brumadinho, em janeiro. A demanda pela indústria de transformação teve queda de 0,3%.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Projeto itinerante realiza negociação com inadimplentes da Capital
CAMPO GRANDE

Projeto itinerante realiza negociação com inadimplentes

Autorizada licitação de obra da ponte sobre rio Paraguai, com início em 2020
PORTO MURTINHO

Autorizada licitação de obra da ponte sobre rio Paraguai

TRANSPORTE CARGAS

Já estão em vigor novas regras do frete mínimo para caminhoneiros

O cálculo do frete mínimo agora abrange 11 categorias
Dívidas de IPVA alcançam R$ 47,1 milhões no Estado
TRÂNSITO MS

Dívidas de IPVA alcançam R$ 47,1 milhões no Estado

Mais Lidas