Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

BOVINO

Consumidor paga até 8,6%
menos pela carne na Capital

Preços no varejo recuaram no mês passado

8 AGO 17 - 04h:00DA REDAÇÃO

Depois cinco meses turbulentos para o mercado da carne bovina no País, o consumidor começou a pagar mais barato. A queda, no entanto, é em ritmo inferior à registrada no campo. 

De acordo com levantamento de preços realizado pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômicas e Sociais (Nepes), da Uniderp, em média, o preço da carne bovina baixou 8,68% no mês passado, quando comparado com o mesmo período de 2016. Na comparação direta com o mês de julho, a queda de preços foi de 6,10%.

O levantamento leva em consideração 18 cortes.  Dez deles apresentaram queda no preço médio em comparação ao mês anterior. Entre eles, destacaram-se pela redução nos preços o contra-filé, de R$ 25,91 o quilo em junho para R$ 19,32 (-25,43); o coxão mole (-17,77%) e a alcatra (-10,51%). O preço médio da picanha também recuou, de R$ 35,74 para R$ 32,15 (-10,04%). 

Na outra ponta, cortes como filé-mignon tiveram alta de 8,39% em supermercados e açougues de Campo Grande. Ao lado deles, o lagarto também ficou 1,26% mais caro, assim como o cupim (+1,60%).

Para o coordenador do Núcleo de Pesquisas,Celso Corrêa de Souza, essa redução nos preços tem relação com o comportamento dos mercados externo e interno.

“Observa-se que a maior queda ocorreu no mês de julho de 2017 devido principalmente ao excesso de carne bovina no varejo devido  à suspensão das exportações desse produto aos Estados Unidos e a melhora da oferta do boi gordo aos frigoríficos, baixando o preço da arroba do boi gordo ao pecuarista”, destacou.

*Leia reportagem, de Renata Prandini, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

FUNCIONAMENTO SEXTA

Febrabam informa que agências bancárias funcionarão na sexta (21)

Contas com vencimento no dia 20 de junho serão pagas sem juros
Estado pretende solicitar  R$ 1,2 bilhão em crédito
PLANO MANSUETO

Estado pretende solicitar R$ 1,2 bilhão em crédito

Banco Central mantém juros básicos no menor nível da história
ECONOMIA BRASILEIRA

Banco Central mantém juros básicos no menor nível da história

COMPANHIA AÉREA

Procon notifica Gol sobre promoção de passagem a R$ 3,90

Companhia tem 24 horas para responder ao Procon

Mais Lidas