Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CONSUMO

Comemorações de Natal e Ano Novo devem movimentar R$ 1 bilhão em MS

Gasto médio com festividades e presentes será de R$ 1,1 mil por pessoa

3 DEZ 19 - 17h:30SÚZAN BENITES

As festas de fim de ano, Natal e Ano Novo, devem movimentar R$ 1 bilhão na economia de Mato Grosso do Sul este ano, sendo R$ 345 milhões em gastos com presentes, R$ 260 milhões com comemorações  no período do Natal e R$ 361 mi no Ano Novo. Os dados são da pesquisa, divulgada nesta terça-feira (3), pelo Sebrae-MS em parceria com o Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS (IPF-MS).

A economista e analista técnica do Sebrae-MS, Vanessa Schimdt, diz que a maioria (76%) das pessoas repetirão a tendência e comprarão presentes região central, contra 4% em shoppings e 3% na internet.O levantamento aponta um aumento de 11% no gasto médio com as festas de final de ano em relação a 2018, ficando em torno de R$ 1.100,20 por pessoa. A quantidade de presentes também subiu: cerca de 30% dos entrevistados darão quatro ou mais.

Vanessa explica que embora a movimentação estimada seja de R$ 1 bilhão para 2019 e o número de pessoas que vão às compras diminuiu, o gasto médio aumentou. “A gente vê um gasto médio estimado 11% maior. Percebemos um menor número de pessoas comprando, que puxa para baixo a movimentação financeira este ano, porém o aumento no gasto médio e um número maior de pessoas que vão consumir acima de R$ 400, puxa para cima a estimativa. Embora a queda seja de 2,7% na movimentação  total, o gasto médio por pessoa aumentou”, contextualizou.  

O gasto médio com presentes é estimado em R$ 405, já para as comemorações de Natal os cidadãos sul-mato-grossenses devem investir R$285 e para comemorar o Ano Novo a média de gastos é de R$ 409. “A redução em relação ao ano passado é pequena, mas a gente vê que o consumidor está disposto a pagar à vista, 68% dos consumidores pagarão à vista”. 

INTERIOR

O levantamento foi realizado em Campo Grande, Dourados, Bonito, Coxim, Três Lagoas, Ponta Porã e na região do Pantanal (Corumbá e Ladário), com coleta de informações sobre perfil, comportamento e gastos de 1.692 pessoas.

Em Bonito,  o destaque é o maior percentual de pessoas que irão às compras de presentes (quase 83%). Enquanto em Três Lagoas, foi registrado o maior gasto médio com presentes (R$ 493,66) e o maior gasto médio com comemorações de Natal (R$ R$ 397,50). Já em Dourados foi registrado o maior gasto médio com comemorações de Ano Novo (R$ 644,13).

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ECONOMIA

Dólar recua para R$ 4,18 e tem menor nível desde 13 de novembro

Alta no preço da carne alavanca aumento da cesta básica
CAMPO GRANDE

Alta no preço da carne alavanca aumento da cesta básica

Em MS, 130 mil nascidos em setembro e outubro devem receber R$ 50 milhões do FGTS
ANTECIPAÇÃO

Em MS, 130 mil nascidos em setembro e outubro devem receber R$ 50 milhões do FGTS

Campanha oferece descontos de até 100% em negociação de dívidas
NOME LIMPO

Campanha oferece descontos de até 100%
em negociação de dívidas

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião