Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPO GRANDE

Projeto itinerante realiza negociação com inadimplentes da Capital

Ação acontecerá entre 22 e 26 de julho
21/07/2019 18:12 - ALINE OLIVEIRA


 

Entre os dias 22 e 26 de julho, o projeto itinerante da Caixa Econômica "Caminhão Você Azul" ficará estacionado na Praça do Rádio, Avenida Afonso Pena, para que clientes possam negociar dívidas com descontos  especiais. O horário de atendimento será das 10h às 16h. 

Pessoas físicas e jurídicas com dívidas em atraso encontrarão uma forma de regularizar os valores em aberto com condições especiais de pagamento que variam conforme o tipo de operação, quantidade de dias em atraso e garantias dos contratos.

O caminhão Você no Azul faz parte da campanha de mesmo nome que disponibiliza aos clientes que possuem créditos em atraso, com soluções personalizadas, atendimento ágil em um local diferenciado. 

A campanha tem vigência até 22 de agosto e os interessados também podem buscar atendimento por meio do site da Caixa, pelo telefone 0800 726 8068 via WhatsApp ou ligar e escolher a opção 8 ou ainda nas Redes Sociais da CAIXA. A expectativa do banco é de receber R$ 1 bilhão.

Campanha Você no Azul

O objetivo da instrituição é disponibilizar renegociação de dívidas de créditos comercias para pessoas físicas e empresas. Engloba cerca de três milhões de clientes, proporcionando facilidades para regularização de débitos com atraso superior a 360 dias com descontos que variam entre 40% e 90% para liquidação à vista, conforme a situação dos contratos e o tipo de operação de crédito. 

*Com informações da Ascom Caixa Econômica

 

Felpuda


Em uma das eleições em MS, candidato já oficializado na convenção corria o trecho para conquistar os eleitores. Mal sabia, porém, que time do seu partido e de aliados estava tramando sua derrubada para emplacar substituto que teria mais votos. Por muito pouco, o dito-cujo não foi guilhotinado, conseguindo salvar o pescoço. Agora tudo indica que o mesmo processo estaria em andamento e seria mais fácil, pois a “vítima” desta vez ainda é só pré-candidato. Dizem que a “turma da trairagem” tem know-now no assunto.