Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Economia

Cade defende diálogo em conflitos sobre Uber e WhatsApp

Vivemos em uma época em que a internet está revolucionando diversos setores da economia

12 SET 15 - 13h:00AGENCIA BRASIL

A nova economia chegou e está causando polêmica. Serviços como o Uber, aplicativo para celular que oferece transporte de passageiros; o WhatsApp, que permite troca de mensagens e até ligações gratuitas via internet; e o Netflix, que possibilita assistir a filmes e seriados online mediante uma mensalidade, estão agradando os consumidores e desagradando a concorrência.

Enquanto motoristas de táxi de todo o país estão em guerra contra o Uber, as empresas de comunicação pedem a criação de normas e a tributação de alternativas como o WhatsApp e o Netflix. No caso do aplicativo de troca de mensagens, o fornecimento de serviços de chamada de voz é a principal polêmica. O Ministério das Comunicações é favorável à regulamentação.

Do ponto de vista da concorrência, a existência dessas e de outras opções da chamada economia criativa é positiva, afirma o procurador-chefe do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Victor Rufino. Ele acredita, entretanto, que a solução para a disputa que se instaurou em torno dos novos serviços não é simples e será necessário diálogo e ânimos mais calmos.

“Nós vivemos em uma época em que a internet está realmente revolucionando diversos setores da economia. A fase em que a gente está hoje é muito mais de entender e ficar absorvendo esse fenômeno do que de ficar prescrevendo soluções. Tem um aspecto que é fundamental, que é o debate transparente e aberto entre todos os envolvidos”, defendeu, em entrevista àAgência Brasil.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Azambuja participa de reunião <br>sobre o FCO em Brasília
AGENDA

Azambuja participa de reunião sobre o FCO em Brasília

Volume de empresas de um “único sócio” triplica em MS
EIRELIS

Volume de empresas de um “único sócio” triplica em MS

Inflação das carnes sobe 6,33% <br>e pesa no bolso do consumidor
CAMPO GRANDE

Inflação das carnes sobe 6,33% e pesa no bolso do consumidor

ECONOMIA

Governo anunciará novos bloqueios no Orçamento na quarta

Mais Lidas