Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

números positivos

Brasil tem superávit de US$ 36,21 bi
no primeiro semestre deste ano

É o melhor resultado para este período em 29 anos

3 JUL 17 - 17h:17G1

O Brasil registrou o melhor resultado na balança comercial no 1º semestre de 2017 em 29 anos, ao atingir um superávit (exportações maiores que importações) de US$ 36,21 bilhões nos primeiros seis meses do ano.

Os dados foram divulgados pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). O valor registrado nas exportações é resultado de dois fatores: quantidade exportada e o preço do produto.

E os números oficiais mostram que o aumento do saldo comercial no primeiro semestre de 2017 está relacionado, principalmente, com o aumento do preço dos produtos. Neste período, a quantidade de produtos exportados subiu 1,8%, mas o preço dos produtos brasileiros ficou bem maior: 17,6%.

Na parcial de 2017, as exportações somaram US$ 107,71 bilhões, com média diária de US$ 868 milhões (alta de 19,3% sobre o mesmo período do ano passado). As importações, por sua vez, somaram US$ 71,49 bilhões, ou US$ 576 milhões por dia útil, com aumento de 7,3% em relação ao mesmo período de 2016.

Mês de junho

Os dados oficiais mostram que o mês de junho também mostrou bom resultado. No mês passado, as exportações superaram as importações em US$ 7,19 bilhões.

Com isso, foi o melhor junho desde o início da série histórica, em 1989. Também foi o segundo melhor mês de todos, perdendo apenas para maio deste ano - quando o saldo positivo somou US$ 7,66 bilhões.

Segundo o governo, as exportações somaram US$ 19,78 bilhões em junho e, com isso, tiveram um aumento de 23,6% sobre o mesmo mês de 2016. A média diária de exportações, por sua vez, somou US$ 942 milhões.

Os produtos básicos, semimanufaturados e manufaturados registraram aumento de vendas nesta comparação, informou o Ministério da Indústria.

Os dados do governo mostram também que as importações continuaram subindo. No mês passado, avançaram 3,3%, na comparação com junho de 2016, para US$ 12,59 bilhões. A média diária de importações somou US$ 599 milhões em maio.

Cresceram, no último mês, as compras de combustíveis, bens intermediários e bens de consumo, mas recuaram as importações de bens de capital (máquinas e equipamentos para produção).

Previsões para 2017

A expectativa do mercado financeiro para este ano, segundo pesquisa do Banco Central, é que o saldo positivo da balança comercial neste ano supere o de 2016. O MDIC também estima uma melhora no saldo comercial.

A previsão dos analistas é de superávit de US$ 58,75 bilhões nas transações comerciais do país com o exterior em 2017. No ano passado, o saldo positivo ficou em US$ 47,7 bilhões e bateu recorde.

Já o Banco Central prevê um superávit da balança comercial de US$ 51 bilhões para este ano, com exportações em US$ 200 bilhões e importações no valor de US$ 149 bilhões.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Estado criou 917 vagas em setembro, aponta Caged
EMPREGOS

Estado criou 917 vagas em setembro, aponta Caged

Brasil tem 4,5 milhões de empresas, número em queda desde 2014
ECONOMIA

Brasil tem 4,5 milhões de empresas, número em queda desde 2014

Comércio deve contratar 5 mil temporários neste fim de ano
NO ESTADO

Comércio deve contratar 5 mil temporários neste fim de ano

ILEGAL

Ministério da Justiça recomenda denunciar vendas casadas em bancos

Secretário diz que atrelar juros a outros serviços pode ser irregular

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião