Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

Leve avanço

Brasil avança em 2% volume de carne bovina exportada, diz MDIC

Em receita, o aumento foi de 9%, para US$ 510,3 milhões

7 JUL 2017Por Istoé15h:45

As exportações brasileiras de carne bovina totais (in natura e processada) avançaram 2% em volume no mês de junho na comparação com igual mês do ano anterior. Segundo dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), compilados pela Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo), foram embarcadas 123,3 mil toneladas, ante 121 mil t. Em receita, o aumento foi de 9%, para US$ 510,3 milhões.

Somente de carne in natura, que corresponde a quase 80% das exportações, o valor médio apurado com os embarques em junho foi de US$ 4.214 por tonelada contra US$ 3.929/t no mesmo mês do ano passado. Para a entidade, o ambiente no mercado internacional ainda é de oferta restrita e o Brasil deverá continuar sua recuperação nos próximos meses para atingir, no mínimo, o patamar de vendas de 2016.

No acumulado do primeiro semestre o saldo ainda é negativo em relação ao mesmo período do ano passado, com queda de 8% (656,6 mil t). Em receita, a retração é de 3% (US$ 1,72 bilhão).

A Abrafrigo afirma que, ainda como resultado dos efeitos da Operação Carne Fraca, quase todos os países da Europa Ocidental continuam com restrições e suas importações estão bem abaixo das realizadas em 2016. No resultado geral do semestre, um total de 65 países ampliou suas aquisições, enquanto que outros 78 diminuíram as importações.

Leia Também