Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPO GRANDE

Águas Guariroba lucrou R$ 157 milhões em 2019, aumento de 6,3%

Inadimplência aumentou e consumo foi menor
21/02/2020 16:17 - Eduardo Miranda


A Águas Guariroba, concessionária do serviço de água e esgoto em Campo Grande lucrou R$ 157,6 milhões em 2019, aponta balanço da empresa divulgado nesta sexta-feira (21). A quantia é 6,5% maior que os R$ 148 milhões que a empresa, que pertence à holding Aegea lucrou em 2018.  

O aumento da receita operacional líquida da empresa foi ainda maior: 13,8%. Em 2019, R$ 543,7 milhões entraram para o caixa da empresa, enquanto no ano anterior, a receita foi de R$ 477,8 milhões.  

O aumento na receita e no lucro não necessariamente representou aumento no volume faturado dos serviços de água e esgoto. No ano passado, os clientes da água consumiram menos que em 2018. O volume faturado de água foi de 41,7 milhões de m³, quantia 20,7% inferior aos 52,6 milhões de m³ de 2018.  

Quanto ao volume de esgoto sanitário recolhido e tratado pela concessionária, houve redução de 19,2%: 35,6 milhões de m³ em 2018, contra 28,8 milhões de m³ no ano passado. 

 
 

INADIMPLÊNCIA MAIOR

A inadimplência dos clientes da Águas Guariroba no ano passado (4,7%) foi 3,7 pontos porcentuais maior que em 2018 (1%). Os dados que se referem a vazamentos: o índice das perdas de distribuição de água em 2019, caiu 0,9 ponto porcentual quando comparado com 2018. No ano passado, as perdas na rede foram de 19,4% do volume.  

A empresa lembrou que em 2019 aumentou a rede de esgoto em 63 quilômetros, tendo feito 5 mil novas ligações, e que investiu 11,7 milhões na ampliação da Estação de Tratamento de Efluentes do Jardim Los Angeles.  

Felpuda


Pré-candidato pode estar sendo “fritado” sem ao menos perceber. Redes sociais que têm estreitas ligações com ex-cabecinhas coroadas e que prometeram apoio estão enaltecendo que só certo pré-candidato de outro partido. Quem conhece as ditas figurinhas de, digamos, outros carnavais, acredita que está em curso operação sorrateira para mudar internamente os rumos da futura campanha. Trocando em miúdo: ceder a cabeça de chapa.