Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

GRAU DE INVESTIMENTO

Agência rebaixa nota e tira selo de bom pagador do Brasil

A agência colocou a nota em perspectiva negativa

9 SET 15 - 18h:29FOLHAPRESS

A agência de classificação de risco Standard & Poor's cortou nesta quarta-feira (9) a nota de crédito do Brasil, retirando o selo de bom pagador do país.

O Brasil teve a nota rebaixada de BBB- para BB+. A agência colocou a nota em perspectiva negativa, o que aponta grande possibilidade de novo rebaixamento.

Em comunicado, a S&P disse que os desafios políticos que o Brasil enfrenta continuam a crescer, pesando sobre a habilidade e capacidade do governo de submeter ao Congresso um orçamento para 2016 consistente com o ajuste sinalizado durante a primeira parte do segundo mandato da presidente Dilma Rousseff.

A S&P lembra que a proposta de Orçamento para 2016 inclui uma revisão da meta de superavit primário, menos de seis semanas após o governo ter anunciado outra redução. Isso significaria três anos seguidos de deficit primário e dívida líquida crescente se não forem adotadas medidas para elevar as receitas ou reduzir os gastos.

A perspectiva negativa, complementa a agência na nota, significa que a S&P tem grandes chances de fazer novo rebaixamento da nota caso a "deterioração da situação fiscal do país persista".

Em julho, a S&P manteve inalterada a nota brasileira, apesar de ter rebaixado a perspectiva para negativa. Na época, a analista para a América Latina Lisa Schineller havia afirmado que a agência tinha a expectativa de que o Brasil revertesse as atuais condições de implementação de sua política fiscal, motivo pelo qual a agência não teria rebaixado a nota para grau especulativo.

No entanto, Shineller disse que isso tomaria mais tempo do que o previsto anteriormente.

A decisão da S&P ocorre menos de um mês após a agência de classificação de risco Moody's cortar a nota do país para Baa3 -o último nível do grau de investimento. A perspectiva, porém, foi colocada como estável.

Na Fitch, o Brasil está a dois níveis do grau especulativo, mas a agência já sinalizou que vai revisar a nota do país em breve.

* Atualizada às 18h47min

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ORÇAMENTO

Governo reduz contingenciamento e libera R$ 1,588 bilhão para o MEC

UNIÃO

Contingenciamento de despesas no Orçamento de 2019 é de R$ 2,181 bilhões

Ministério Público vai investigar aumento constante do etanol
ECONOMIA

MPE vai investigar aumento constante no preço do etanol

População do Estado já pagou <BR>R$ 10 bilhões em impostos
IMPOSTÔMETRO

População do Estado já pagou R$ 10 bilhões em impostos

Mais Lidas