Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

JUCEMS

Abertura de empresas tem<br> alta de 5,2% no ano em MS

Levantamento aponta 3.610 firmas abertas de janeiro a julho
15/08/2017 05:00 - DA REDAÇÃO


 

Mesmo que de forma ainda tímida, a confiança do empresariado na retomada da economia começa a se manifestar na abertura de novos negócios em Mato Grosso do Sul neste segundo semestre de 2017.

Pelo segundo mês seguido, boletim da Junta Comercial do Estado (Jucems) apontou crescimento no número de empreendimentos constituídos em Mato Grosso do Sul.

Foram 3.610 empresas inauguradas de janeiro a julho deste ano, aumento de 5,24% em relação ao mesmo período do ano passado, quando 3.429 negócios foram abertos em MS. 

Quando considerado somente o mês de julho, os dados da Jucems contabilizam que 531 empresas iniciaram atividades no Estado, avanço de 2,12% em relação ao mesmo mês do ano passado (520 registros). Porém, em comparação com junho, quando foram constituídas 547 empresas, houve retração de 2,91%, com fechamento de 16 firmas no período. 

Para o presidente da Jucems, Augusto César Ferreira de Castro, os números de julho confirmam a manutenção da performance, observada desde maio.

“Já é o terceiro mês seguido que estamos (com média de constituição) acima de 500 empresas. Isso sinaliza uma melhora da confiança do empresário no cenário político-econômico, para que ele possa abrir o seu negócio no Estado”, avalia.

*Leia reportagem, de Daniella Arruda, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Felpuda


Certa pré-candidatura à Prefeitura de Campo Grande nasceu com grandes brechas que certamente serão usadas pelos adversários no período da campanha eleitoral, segundo voz corrente nos bastidores políticos. Uma delas: como o postulante vai dizer que fará boa administração se no período em que administrou conhecida instituição passou boa parte do tempo reclamando de crise financeira e ameaçando fechar as portas?