Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORREIO VEÍCULOS

Renault Triber, um Kwid de sete lugares, é apresentado na Índia

Renault Triber, um Kwid de sete lugares, é apresentado na Índia
29/06/2019 07:00 - DANIEL DIAS/Agência AutoMotrix


Embora tenha sido apresentado em Nova Delhi como um modelo exclusivo para o mercado indiano, o Renault Triber pode cruzar fronteiras e chegar a curto prazo em outros países, inclusive o Brasil. Inserido no segmento dos SUVs compactos, o modelo tem menos de quatros metros de comprimento, no entanto, não faz feio no quesito espaço para passageiros e carga, chegando a ter capacidade para transportar até sete pessoas. Com a proposta do Triber, a Renault pretende duplicar suas vendas para 200 mil unidades por ano na Índia. No segundo país mais populoso do mundo, são comercializados também o Kwid, o Duster e o Captur, o trio com presença no mercado brasileiro.

Derivado do Kwid e 34 centímetros mais longo, o Triber é equipado com motor 1.0 SCe de 72 cavalos de potência e 9,8 kgfm de torque, associado ao câmbio manual ou automatizado, ambos com 6 velocidades. Existe a possibilidade de o carro ganhar um propulsor 1.0 turbo em um segundo momento. Na configuração de cinco lugares, tem o maior porta-malas da categoria, com 625 litros, baixando para 320 litros com seis lugares e para apenas 84 litros na capacidade máxima de ocupantes.

No interior, marcam presença os assentos da segunda fileira reclináveis, deslizantes e rebatíveis. A terceira fileira é a mais alta de todas, e a marca francesa jura que ela pode transportar adultos. O sistema de infoentretenimento tem tela “touchscreen” de oito polegadas com espelhamento para Android Auto e Apple CarPlay, painel de instrumentos digital de 3,5” e sistema de acesso ao veículo e arranque por botão, com a chave presencial. Produzido sobre uma plataforma inédita, o Triber tem 3,99 metros de comprimento, 1,73 metro de largura, 1,64 metro de altura e surpreendentes 2,63 metros de entre-eixos. Tem altura em relação ao solo de 18 centímetros e um peso “submil” de 947 quilos. As rodas de liga leve são de 15 polegadas.

O Group Renault é o principal fabricante automotivo europeu na Índia. O Triber é fruto de um projeto conjunto entre a Renault indiana e a francesa, como um veículo mundial global desenvolvido especialmente para o país asiático. A Índia é um dos maiores mercados em expansão do grupo Renault. O Triber é uma mudança de conceito em termos de espaço e modularidade e é direcionado para clientes de todos os segmentos, especificamente para o B. A marca do losango resolveu apostar no nicho de compradores sedentos por um veículo urbano atraente, com espaço generoso e ao mesmo tempo acessível. O modelo tem preço de 500 mil rúpias, algo em torno de R$ 28 mil. Conforme a Renault, os indianos valorizam muito a proposta geral do SUV compacto.

No projeto, o Triber foi idealizado para atender aos diversos tipos de público, como famílias, surfistas, esportistas e “tribos” em geral, podendo ser facilmente adaptado para as várias atividades de vida do cliente. Como parte de seu plano estratégico “Dirigir o Futuro”, o Group Renault pretende aumentar as vendas na Índia em mais de 40%, com uma meta de mais de 5 milhões de veículos até 2022.

Quanto a um futuro ingresso no mercado brasileiro, o Triber teria de passar por algumas adaptações e “tropicalizações”, a começar pela direção inglesa (do lado direito do veículo) adotada na Índia devido à colonização da Grã-Bretanha do Século 19 até 1947. Outro ponto importante é a segurança. Enquanto o Kwid fabricado no Brasil alcançou a nota de três estrelas nos testes de colisão, o Triber recebeu um redondo zero.

Felpuda


As conversas vêm acontecendo muito, mas muito reservadamente mesmo, e dão conta de que suplente poderá receber convocação, assumir a titularidade do cargo e por lá ficar por tempo indeterminado. Como é óbvio, tem gente jurando que nunca ouviu nem sequer falar sobre o assunto. O motivo não seria nada ligado a possíveis atos de irregularidades, mas sim por problemas de ordem pessoal.