Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CORREIO VEÍCULOS

Nova geração da Honda Gold Wing

Em duas versões, nova GL 1800 Gold Wing já está disponível
na rede de concessionárias Honda em todo o Brasil

24 MAI 19 - 08h:14EDMUNDO DANTAS/Agência Automotrix

Completamente reprojetada, a Gold Wing 2019 já está disponível em toda rede de concessionárias Honda. 

A nova Gold Wing está mais compacta e leve (menos 39 quilos na versão Gold Wing e menos 18 quilos na Tour) que a precedente. Seu motor preserva a clássica arquitetura boxer de seis cilindros, agora com cabeçotes Unicam de quatro válvulas por cilindro. Aperfeiçoado na gestão eletrônica, o motor pode ser ajustado de acordo com quatro diferentes riding modes – Tour, Sport, Econ e Rain. Acelerador eletrônico, controle de tração, assistente de partida em subidas e sistema Start&Stop são outros melhoramentos introduzidos ao modelo Tour na versão 2019.

Apesar de manter a arquitetura e praticamente a capacidade cúbica (de 1.832 cc cresceu à 1.833 cc), o motor da GL 1800 Gold Wing ganhou mais potência (126 cavalos ante 118 cavalos) e torque (17,34 kgfm ante 17,0 kgfm) além de estar 3,8 quilos mais leve (versão Tour) e 2,9 centímetros mais curto que o motor da Gold Wing anterior. Acoplado ao motor está a última geração do câmbio de dupla embreagem DCT (Dual Clutch Transmission) com 7 marchas (versão Tour). O piloto tem a opção de utilizá-lo no modo plenamente automático ou selecionar a marcha desejada por meio de comandos “+” e “-” localizados no punho esquerdo do guidão. O câmbio DCT que equipa a nova Gold Wing Tour oferece ainda a inédita modalidade ‘Walking Mode’, que movimenta a motocicleta em velocidade limitada (1,8 km/h à frente e 1,2 km/h em marcha a ré) para auxiliar o piloto nas manobras de estacionamento.

Na ciclística – chassi e suspensões –, a Honda fez da GL 1800 Gold Wing 2019 uma de suas bandeiras tecnológicas. O inédito chassi duplo trave de alumínio fundido sob pressão é dois quilos mais leve que o anterior. A posição de pilotagem, assim como o posicionamento do motor na estrutura, foi avançada. 

Na nova suspensão dianteira, a função amortizante do sistema está separada do sistema de direção, o que, de acordo com a engenharia da marca, resulta em 40% a mais de agilidade na ação do guidão. A suspensão traseira é inédita e se vale de uma balança do tipo monobraço Pro-Arm conectada ao sistema Pro-Link, solução que favoreceu aspectos de manutenção e design, contribuindo para a ação mais progressiva da suspensão traseira, assegurando maior estabilidade e conforto. Tanto a suspensão dianteira quanto a traseira da versão Tour dispõem de regulagem eletrônica automática, que obedece à seleção do Riding Mode. Também é possível intervir na regulagem da pré-carga da mola do amortecedor posterior por meio de um prático comando elétrico. São quatro as opções de ajuste consoantes à utilização: só piloto, piloto+bagagem, piloto+passageiro e piloto+passageiro+bagagem.

Quanto aos freios, na GL 1800 Gold Wing 2019 está presente o consagrado sistema D-CBS (Dual Combined Braking System) com ABS de última geração, que distribui a potência das frenagens nas duas rodas de acordo com o ajuste do Riding Mode. O freio dianteiro tem cálipers de seis pistões que atuam em dois discos de 320 milímetros, na traseira, o cáliper é de três pistões e o disco, de 316 milímetros. O pneu dianteiro é 130/70 R18, enquanto atrás, é um 200/55 R16. A Gold Wing Tour continuar sendo a única motocicleta da atual produção mundial dotada de Airbag de série.

Neste modelo, o piloto fica mais próximo do para-brisa, regulável tanto em altura quanto em inclinação, e um apurado estudo permitiu melhorar o coeficiente aerodinâmico, visando melhor desempenho e eficiência. Os assentos continuam individuais para o piloto e o passageiro. Nas protetivas malas laterais, há capacidade de transportar uma grande quantidade de bagagem – são 110 litros, na versão Tour. Neste novo cockpit se destaca o painel com tela TFT colorida de 7 polegadas, que oferece informações sobre a motocicleta, o sistema de áudio, a navegação e o controle de tração HSTC (Honda Selectable Torque Control), a regulagem de suspensão e o Cruise Control. A Gold Wing Tour 2019 é compatível com o Apple CarPlay, e a conectividade é facilitada pela porta USB e pelo Bluetooth.

A Honda Gold Wing está disponível nas cores cinza fosco para a versão GL 1800 Gold Wing e vermelha para a Tour. A última se difere oferecendo a transmissão DCT de 7 velocidades – ante a de 6 marchas convencionais na versão Gold Wing –, airbag, suspensão traseira com ajustes eletrônicos pré-definidos em quatro posições (somente piloto, piloto e bagagem, piloto e passageiro, piloto, passageiro e garupa), altura do para-brisa e top box adicional. O preço público, base Estado de São Paulo, sem despesas com frete e seguro, é de R$ 136.550 na versão Gold Wing e de R$ 156.550 na Tour. Os modelos têm garantia de três anos, sem limite de quilometragem, e o Honda Assistence válido em cinco países da América do Sul.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Citroën Jumper
CORREIO VEÍCULOS

Citroën Jumper

Volkswagen Jetta GLI
CORREIO VEÍCULOS

Volkswagen Jetta GLI

Chevrolet S10 LTZ 2.5 flex 4X4 automática
CORREIO VEÍCULOS

Chevrolet S10 LTZ 2.5 flex 4X4 automática

Yamaha lança Fazer 250 ABS 2020
CORREIO VEÍCULOS

Yamaha lança Fazer 250 ABS 2020

Mais Lidas