Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CORREIO VEÍCULOS

Mercedes-Benz GLC 2020

Infoentretenimento interativo, sistemas de assistência ao motorista e motor a diesel são as principais novidades

2 NOV 19 - 00h:00LUIZ HUMBERTO MONTEIRO PEREIRA/Agência AutoMotrix

Se a briga entre os utilitários esportivos anda cada vez mais acirrada, na disputa particular entre as marcas de luxo desse segmento, cada detalhe conta. Para quem se dispõe a atender à parcela mais rica e exigente dos consumidores automotivos, estar atualizado é um atributo importante, do qual ninguém quer abrir mão. Não por acaso, os lançamentos globais de SUVs da Audi, da BMW, da Land Rover, da Lexus, da Mercedes-Benz e da Volvo desembarcam cada vez mais rápido no Brasil, recheados das mais recentes novidades tecnológicas de cada marca. Agora, é a vez da terceira geração do GLC, o utilitário esportivo médio com tração integral da Mercedes-Benz, que chega ao país. Apresentado no mercado europeu em março, além de mudanças no visual, traz como principal inovação a incorporação do sistema de infoentretenimento MBUX, apresentado no ano passado no lançamento do Classe A e que é inserido pela primeira vez em um SUV da marca. Outra novidade é uma inédita motorização a diesel, uma tendência em alta no segmento. O motor 220 d é um 2.0 turbodiesel com 194 cavalos, oferecido nas configurações de equipamentos Off-Road e Enduro. Motorização a gasolina está disponível somente na versão com design de carroceria mais esportivo, a 300 4Matic Coupé, que vem com um 2.0 turbo de 258 cavalos. Os preços sugeridos para os novos modelos da linha GLC são de R$ 294.900 para o 220 d Off-Road, de R$ 329.900 para o 220 d Enduro e de R$ 362.900 para o 300 4Matic Coupé.

O novo GLC 220 d ganhou elementos que reforçam seu design esportivo e agrega maior robustez e exibe linhas mais agressivas em comparação à última geração do utilitário. A linguagem visual representa uma evolução da filosofia “Sensual Purity” (pureza sensual), introduzida nos modelos da Mercedes-Benz a partir de 2013 e que se propõe a combinar os polos de emoção e inteligência da marca misturando refinamento e simplicidade, mas com uma superior funcionalidade. Com aparência mais dinâmica, a nova geração do SUV tem acabamentos com elementos cromados desde a extremidade dianteira até a traseira. O espírito off-road é evidenciado pelas superfícies de aspecto robusto ostentadas pelas versões Off-Road e Enduro, que contam com faróis full-led.

Por dentro, a inovação que mais chama a atenção é a tecnologia MBUX, sistema de infoentretenimento no qual a tela de 10,25 polegadas sensível ao toque facilita a visualização e ativação das funções disponíveis no modelo, que também pode ser feita por comandos vocais. As duas versões diesel trazem ainda a nova geração de volante multifuncional esportivo em couro, com comandos sensíveis ao toque. Outras funções incorporadas ao novo Mercedes-Benz GLC 220 d são a tecnologia Keyless-Go – a partir da aproximação da chave ao veículo, o condutor pode acionar o botão start/stop para ligar o motor sem que haja a necessidade da utilização da chave – e o carregamento de celular por indução. Igualmente novo no GLC é o airbag para os joelhos do motorista – agora, o SUV totaliza sete airbags, incluindo frontais, laterais e de cortina.

A motorização turbodiesel 220 d conta com transmissão 9G-Tronic, com 194 cavalos de potência e velocidade máxima de 215 km/h, controlada eletronicamente. Segundo a Mercedes-Benz, o GLC a diesel faz de zero a 100 km em apenas 7,9 segundos. Em termos de sistemas de assistência ao motorista – um “fetiche” automotivo que se tornou quase obrigatório no segmento de luxo –, a versão Enduro é a mais equipada. Vem com pacote de estacionamento com câmera de 360 graus, que facilita expressivamente as manobras, Blind Spot Assist – que alerta o condutor sobre a presença de outros veículos em regiões periféricas ao seu campo de visão – e Active Lane Keeping Assist – que avisa ao motorista quando ele deixa a faixa da pista. Além disso, traz frisos com a inscrição “Mercedes-Benz” iluminados, acabamento interno em madeira preta fosca, som Burmester Surround Sound System e teto-solar panorâmico duplo. Em todas as versões está presente a tecnologia Hands-Free Access que, em sinergia ao Keyless-Go, permite a abertura e o fechamento automático da tampa do porta-malas a partir do movimento de um dos pés a uma distância de trinta centímetros da superfície inferior do compartimento, entre os dois sensores de abertura.

Experiência a bordo

Convivência interativa
No interior do GLC, o padrão habitual da Mercedes-Benz é respeitado, com fartura de materiais de alto padrão e acabamento refinado. O aplique de madeira fosca no revestimento das portas pode ser um pouco controverso, mas no geral o bom gosto impera. O console central apresenta elementos com acabamentos sofisticados, com toques de modernidade e esportividade que não deixam a proposta de um SUV de lado. Todas as versões trazem a nova geração de volante multifuncional esportivo em couro, com comandos sensíveis ao toque, e também a possibilidade de, estando com a chave ao veículo, o motorista possa simplesmente acionar o botão start/stop para ligar o motor. E a tecnologia para carregamento de celular por indução dispensa o uso de cabos normalmente utilizados para conectar o aparelho ao console do veículo.

Mas a grande atração do habitáculo é mesmo a tecnologia MBUX – Mercedes-Benz User Experience. O moderno sistema interativo de infoentretenimento gradativamente se espalhará por toda a família Mercedes-Benz, incluindo a linha de veículos comerciais – já está nas novas gerações do furgão Sprinter e do caminhão pesado Actros, apresentados na recente Fenatran. Traz uma tela de 10,25 polegadas “touschscreen”, que facilita a visualização e ativação das funções disponíveis no modelo. A interface do MBUX também pode ser controlada no touchpad que fica entre os bancos ou por meio de pequenos botões sensíveis ao toque embutidos no volante. Porém, a forma mais divertida é por comandos vocais, iniciados pela expressão “Olá, Mercedes”, que permitem controlar funções como conectividade, navegação, sistema de som e ar-condicionado. E o mais interessante é que o sistema tem a capacidade de autoaprendizagem – o MBUX coleta as preferências e necessidades do usuário para aprimorar suas sugestões conforme convive com o motorista. Todavia, parte das funções depende de acesso à internet para ter sua plena eficácia. Algo que, em muitos lugares do país, ainda é difícil de se conseguir.

Primeiras impressões

O valor do silêncio
Amparo/SP - Sabe aqueles carros em que, quando o motorista senta à frente do volante, logo percebe que dá para dirigir até onde for preciso sem cansar, por mais distante que seja o destino? O GLC 220 d Enduro é um desses. Já na hora de ajustar o banco, que é bastante aconchegante, e a coluna de direção, os sistemas elétricos do renovado utilitário esportivo médio da Mercedes-Benz facilitam a tarefa de acomodar bem motoristas de qualquer tamanho. Outra característica que reforça a vontade de ir longe com o GLC 220 d é o baixíssimo nível de vibração e de ruído. A surpresa aumenta quando o motorista se lembra que o carro é equipado com um motor turbodiesel, algo que facilmente dá para esquecer quando se está a bordo. O ruído só aparece mesmo na faixa de giros acima de 5 mil rpm. Se pegar algum passageiro desavisado, dá até para ganhar uns trocados – os incautos certamente apostarão de que se trata de um motorzão a gasolina. A sonoridade agradável é reforçada pela qualidade do som Burmester, exclusivo da versão Enduro.

Escreva a legenda aqui

A calibração da suspensão independente nas quatro rodas é outra característica que reforça o conforto do GLC. Ela entrega um rodar suave, que absorve com eficiência as imperfeições do piso. Como se trata de um veículo alto e com uma suspensão macia, é normal que aconteça alguma rolagem da carroceria em curvas de alta velocidade. Nos trechos off-road, se destaca a eficiência da tração integral, que distribui a força automaticamente de acordo com o tipo de terreno – a tecnologia permite ao modelo ser homologado no Brasil para rodar com diesel, mesmo sem ter reduzida.

Em termos dinâmicos, o GLC 220 d segue a tradição da Mercedes-Benz. Ou seja, mesmo no modo “Sport” de condução, o acelerador sempre apresenta aquele sutil e indefectível “delay” da resposta. Tal demora não é um defeito e sim uma característica que a marca faz questão de preservar. O GLC não é um carro para quem espera que o coração dispare ao arrancar no sinal verde. Em compensação, quando a aceleração chega, é de forma consistente, sem trancos nem vacilações. O torque de 40,8 kgfm é suficiente para mover o carro com vigor e o câmbio 9G-Tronic de 9 velocidades oferece passagens suaves. A direção é precisa e as tecnologias de assistência ao motorista presentes na versão Enduro também são bastante efetivas no GLC. Durante o teste, foi possível constatar o funcionamento do controlador de velocidade adaptativo (Distronic), do monitoramento de veículo em ponto cego e do assistente de manutenção de faixa. Todos se mostraram bastante funcionais.

Ficha técnica - Mercedes-Benz GLC 220 d Enduro
Motor Turbodiesel, quatro cilindros, frontal, transversal, 1.950 cm3

Potência máxima

194 cavalos a 3.800 rpm
Torque máximo 40,8 kgfm de 1.600 a 2.800 rpm
Câmbio automático 9G-Tronic de 9 marchas
Peso 1.835 kg
Rodas e pneus Liga leve 235/55 R19
Capacidade do porta-malas 550 litros
Tanque de combustível 66 litros
Dimensões
4,66 metros de comprimento, 2,10 metros de largura, 1,64 metro de altura, entre-eixos de 2,87 metros
Preço da versão 220 d Enduro R$ 329.900
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Mini no máximo
CORREIO VEÍCULOS

Mini no máximo

Volkswagen T-Cross
CORREIO VEÍCULOS

Volkswagen T-Cross

Coluna semanal com dicas <br>e novidades sobre motos
MOTOMAIS

Coluna semanal com dicas e novidades sobre motos

Coluna semanal com dicas <br>e novidades sobre automóveis
CARMAIS

Coluna semanal com dicas e novidades sobre automóveis

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião