Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MOTONEWS

Cores e grafismos são o único diferencial da nova série especial Honda CG 160 Titan S

Cores e grafismos são o único diferencial da nova série especial Honda CG 160 Titan S
25/11/2019 10:00 - Edmundo Dantas Agência AutoMotrix


O topo da base

Cores e grafismos são o único diferencial da nova série especial Honda CG 160 Titan S

 

            A Honda CG 160 é a motocicleta mais vendida do Brasil. E é também o veículo motorizado mais comercializado do país. Nos dez primeiros meses de 2019, foram 256.003 unidades emplacadas – 20% a mais que o segundo veículo motorizado mais vendido, o hatch Chevrolet Onix, que entregou pouco mais de 200 mil unidades no mesmo período. Agora, a Honda aproveitou o Salão Duas Rodas 2019, que acontece na capital paulista de 19 a 24 de novembro, para apresentar a nova CG 160 Titan S. A série especial chega com cores e grafismos diferenciados para se tornar a “versão de imagem” da família. A Titan S traz como destaques as cores e o design exclusivo, inspirado no modelo em comemoração aos vinte e cinco anos de mercado, completos em 2019. Com três anos de garantia, a nova versão tem previsão de chegada ao mercado em dezembro, com preço público sugerido de R$ 11.490, base Estado de São Paulo. Como toda a linha 2020 da CG 160, a versão Titan S terá os três anos de garantia e sete trocas de óleo gratuitas.

            Na história da indústria de motocicleta do Brasil, a Honda CG ocupa um lugar de destaque, fruto da esmagadora preferência dos usuários pelo modelo. Entre todas as CG da atualidade – existem ainda as versões Start e Fan –, a Titan é valorizada por ser a mais completa. Agora, a versão S tentará repetir o sucesso de outras séries especiais da CG Titan. Algumas CG Titan comemorativas foram reconhecidas e admiradas pelos consumidores, como a CG 150 Titan EX BR de 2014, a CG 160 Titan “40 anos” de 2016 e a CG 160 Titan “25th Anniversary”, apresentada em janeiro deste ano. Nessa última, as cores preto, prata e dourado resultaram naquela que é talvez a mais elegante Titan jamais fabricada. O modelo dedicado a festejar os vinte e cinco anos da adoção do nome Titan rapidamente esgotou a produção, limitada a 8 mil exemplares. No caso da Titan S 2020, o atrativo estético fica por conta de uma combinação de vermelho e preto com rodas vermelhas e grafismos exclusivos, destacando o nome da versão no tanque.

            O motor da CG 160 Titan S é o mesmo utilizado no restante da linha. Trata-se do mais potente do segmento, um econômico e resistente monocilindro de quatro tempos de 162,7 cm3, capaz de gerar 15,1 cavalos (etanol) e 14,9 cavalos (gasolina) de potência máxima a 8 mil rpm e torque máximo de 1,54 kgfm (etanol) e 1,40 kgfm (gasolina) a 6 mil rpm. O câmbio tem 5 velocidades e a embreagem multidisco é em banho de óleo. No chassi tipo Diamond, feito em chapa de aço estampado, o motor cumpre papel estrutural. As modernas suspensões e o sistema de freios CBS – Combined Braking System – garantem a maneabilidade e a segurança. Como todas as Titan, a versão S inda conta com painel de instrumentos digital, mostrando o velocímetro, o hodômetro total e o parcial, o marcador do nível de combustível, o conta-giros, o relógio e as luzes-espia. O tanque de combustível tem capacidade para 16,1 litros e, segundo a Honda, tem um rendimento na casa de 35 km/l com etanol, subindo para 41 km/l com gasolina.

Felpuda


As pré-candidaturas bizarras estão se espalhando nas redes sociais, nos perfis de quem acredita que esse tipo de “campanha eleitoral” poderá resultar em votos e até levar à conquista de uma vaga na Câmara Municipal de Campo Grande. Se antes isso era visto apenas no horário eleitoral na TV, agora está se espalhado como erva daninha nas redes. Como diria vovó: “Esse povo ainda se acha!” Afe!