Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CORREIO VEÍCULOS

Ducati World Première 2020

A mais tradicional fabricante italiana de motocicletas apresenta suas máquinas dos sonhos

1 NOV 19 - 16h:15EDMUNDO DANTAS/Agência Automotrix

Como acontece todos os anos antes do EICMA, o tradicional Salão de Milão, que esse ano será realizado de 7 a 10 de novembro, a Ducati promoveu o Ducati World Première 2020, uma “avant-première” de seus melhores e mais recentes produtos para este ano. A fabricante de motocicletas com sede na cidade bolonhesa de Borgo Panigale traz uma linha completa e atualizada, disposta a definir padrões de estilo, desempenho e tecnologia. “Estamos apresentando uma série de motos dos sonhos, mas também três novas bicicletas elétricas que complementarão a linha MIG-RR, apresentada no ano passado. A edição limitada da MIG-RR representa o topo da gama e tem componentes verdadeiramente diferenciados”, explica Claudio Domenicali, CEO da Ducati Motor Holding, que revelou a nova linha. Mas certamente ninguém foi à Ducati World Première para ver bicicletas elétricas. Entre as motocicletas, além de “facelifts” em alguns modelos, há três novidades absolutas: a Panigale V2, a Panigale V4 e a Streetfighter V4.

Claudio Domenicali, CEO da Ducati Motor Holding, com a linha 2020 da marca (Foto: Divulgação)

A mais esperada, sem dúvida, era a Streetfighter V4, uma das principais candidatas ao título de “Melhor Moto do EICMA 2019”. Na fábrica de Borgo Panigale, é normalmente chamada de “The Fight Formula”. O motor Desmosedici Stradale 1.103 cc recebeu o pacote eletrônico de última geração da Panigale V4 e agora entrega 211 cavalos a 12.750 rpm. Trata-se de uma motocicleta de alto desempenho com grande atenção ao conforto, graças à ergonomia, a um assento e a uma suspensão bem acolchoados para uso na estrada. Uma moto segura, como toda as Ducati de nova geração, devido a um pacote eletrônico completo com o objetivo de aumentar a facilidade e a segurança da pilotagem. A Streetfighter V4 pode ser definida como uma Panigale V4 despida de suas carenagens e equipada com guidão alto e largo. Pesando 178 quilos, traz aerofólios biplanos desenvolvidos pela Ducati Corse, divisão de modelos de competição da marca. O resultado é uma naked moderna e tecnológica, com um design atraente. Uma moto que não faz nada para esconder seu desempenho líder no segmento, porém, garante praticidade e diversão durante os passeios diários. O farol minimalista full-led com DRL em forma de “V” capta o espírito da Streetfighter V4. Por um lado, lembra a frente da Panigale V4 e, por outro, evoca o sorriso louco do Coringa - o personagem de história em quadrinhos do qual o Ducati Style Center se inspirou nessa nova naked construída na região de Bolonha. O desempenho pode ser aprimorado ainda mais com a montagem do escape Ducati Performance da Akrapovic, que aumenta a potência para 223 cavalos e reduz o peso em 6 quilos.

Ducati Streetfighter V4 (Foto: Divulgação)

A superbike de peso médio Panigale V2 chega totalmente renovada tanto na parte estética quanto em termos de desempenho. A Panigale de dois cilindros tem uma aparência completamente nova, bem como sofisticados componentes eletrônicos. Graças a um assento confortável e a uma configuração especial de suspensão, oferece desempenho esportivo melhor e mais seguro, ao mesmo tempo em que torna a condução em estrada mais agradável ao usuário. É movida por um motor de 995 cm³, com uma potência máxima de 157 cavalos a 10.750 rpm e um torque máximo de 10,6 kgfm a 9 mil rpm. Construída em torno da estrutura monocoque, a configuração do chassi tem um novo design em estilo esportivo. Outros recursos da nova Panigale V2 incluem o braço oscilante de um lado e um escapamento com silenciador compacto e tubo de cauda de um lado. As linhas limpas típicas das superbikes da Ducati foram aprimoradas.

Ducati Panigale V2 (Foto: Divulgação)

Também foi apresentada a nova versão da Panigale V4, que pelo segundo ano seguido foi a motocicleta esportiva mais vendida no mundo. Uma série de aprimoramentos para 2020 tornam o passeio mais fácil e menos cansativo, ao mesmo tempo em que torna a moto mais rápida, não apenas em voltas individuais, mas em sessões programadas. Os engenheiros da Ducati e Ducati Corse analisaram os números de feedback e opiniões de clientes e do Campeonato Mundial de Superbike, levando a uma série de alterações aerodinâmicas, de chassi, de controle eletrônico e de mapeamento Ride by Wire. Projetadas para aumentar a estabilidade e a velocidade de entrega, essas alterações facilitam o fechamento de curvas e garantem aos pilotos um controle do acelerador mais confiável. A Panigale V4 está equipada agora com alguns itens “emprestados” da V4 R, começando pelo pacote aerodinâmico, que inclui aerofólios, tela de acrílico, carenagem do nariz e laterais maiores e aberturas laterais mais eficientes para o radiador. Isso fornece melhor proteção ao fluxo de ar e melhora a estabilidade geral da motocicleta, aumentando a confiança. Para concluir a atualização, o quadro frontal teve rigidez modificada para proporcionar uma melhor sensação em ângulos extremos. O novo câmbio permite mudanças de marchas em rotações mais altas (acima de 10 mil rpm), aumentando a estabilidade das marchas em acelerações e em curvas mais exigentes. Na Panigale V4 está o motor Desmosedici Stradale, de 1.103 cm3, um V4 de noventa graus derivado da MotoGP com sincronismo desmodrômico. Pode fornecer 214 cavalos a 13 mil rpm e um torque de 12,6 kgfm a 10 mil rpm.

Ducati Panigale V4 (Foto: Divulgação)

Em tempos em que o marketing “ecologicamente correto” anda em alta, a Ducati não poderia ficar de fora. Após o sucesso da bicicleta elétrica MIG-RR, apresentada no EICMA do ano passado, a marca oferece agora uma gama de eBikes. O mais impressionate desenvolvimento toma a forma da MIG-RR Limited Edition, uma série especial com apenas cinquenta unidades. Montadas na Itália, apresentam suspensão Ohlins, rodas de carbono e detalhes especiais da Ducati Corse.

MIG-RR Limited Edition (Foto: Divulgação)
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Mini no máximo
CORREIO VEÍCULOS

Mini no máximo

Volkswagen T-Cross
CORREIO VEÍCULOS

Volkswagen T-Cross

Coluna semanal com dicas <br>e novidades sobre motos
MOTOMAIS

Coluna semanal com dicas e novidades sobre motos

Coluna semanal com dicas <br>e novidades sobre automóveis
CARMAIS

Coluna semanal com dicas e novidades sobre automóveis

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião